Futebol Luís Castro critica gramado do Nilton Santos: 'Impossível jogar'

Luís Castro critica gramado do Nilton Santos: 'Impossível jogar'

Técnico português destacou confiança do elenco do Botafogo após mais uma vitória sob seu comando

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luís Castro venceu sua primeira partida comandando o Botafogo no Rio de Janeiro

Luís Castro venceu sua primeira partida comandando o Botafogo no Rio de Janeiro

Vitor Silva/Botafogo

Na noite deste domingo (15), no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo bateu o Fortaleza de virada pelo placar de 3 a 1 com um segundo tempo de gala. Em entrevista coletiva concedida após o duelo, Luís Castro, técnico português da equipe alvinegra, disparou contra as condições do gramado.

"É muito difícil fazer acontecer coisas neste gramado, é extremamente difícil ter paz no jogo nesse gramado… Esse gramado é uma… É incrível. É impossível jogar em gramados como esse. Nossa equipe tem nossos defeitos, muitas vezes está mal, está mal, mas acho que às vezes o gramado ainda está pior do que nós", disse o comandante do Botafogo.

O Botafogo tem um início promissor sob as orientações do estrangeiro e conquistou sua terceira vitória em uma semana - Flamengo, Ceilândia-DF (Copa do Brasil) e a última contra o Fortaleza. Para o 'Mister' do Glorioso, o trabalho apresentado é fruto da confiança conquistada pelo grupo.

"Confiança se conquista. Acho que foi isso que foi acontecendo a cada um de nós ao longo da temporada. Sei que essa confiança tem muitas especificidades, muitas vezes vem, mas vai embora rapidamente, às vezes desaparece e ninguém nunca mais encontra. Também tivemos a 'sorte' de conquistarem um lastro de confiança através do trabalho", iniciou.

Com o triunfo conquistado, o Botafogo chegou a 11 pontos no Brasileirão e subiu na tabela, ocupando agora a quarta colocação na classificação. A equipe volta a campo no próximo sábado (21), no Independência, contra o América-MG.

"Dei os parabéns aos meus jogadores porque são fantásticos. A vitória foi toda deles, se entregaram por completo ao jogo. Foram seis jogadores que atingiram o máximo no GPS em distâncias curtas e acelerações, o jogo foi extremamente exigente e muito violento. É através do trabalho que se conquista a confiança. Só tenho que enaltecer os meus jogadores", finalizou o técnico.

Milan fica muito perto do título italiano: Veja os destaques do futebol europeu

Últimas