Liverpool vence revanche contra Flamengo e é campeão mundial

Brasileiro Roberto Firmino fez gol da equipe inglesa, que, com vitória de 1 a 0, descontou derrota sofrida para Rubro-Negro na final de 1981

Firmino vibra após marcar o gol da vitória

Firmino vibra após marcar o gol da vitória

Ibraheem Al Omari/Reuters/21-12-19

O Flamengo lutou mas não conseguiu superar o Liverpool e foi derrotado por 1 a 0, na prorrogação, neste sábado (21), em Doha, perdendo a chance de conquistar o bi do Mundial Interclubes.

O brasileiro Firmino fez o gol da equipe inglesa, que descontou a derrota sofrida para o Fla na final de 1981, conquistando este título pela primeira vez. Agora, o time inglês volta suas atenções para a Premier League, que lidera em busca de seu primeiro título desde que a competição foi implementada, em 1992.

A maior parte jogo foi movimentada e equilibrada, com o Liverpool pressionando tanto no início do primeiro como do segundo tempo. O Fla soube reagir e tocar a bola, dificultando a vitória do time comandado por Jurgen Klopp. Mas, na parte final, caiu de produção e cedeu espaço para o poderoso adversário.

No fim, foi difícil para o time carioca segurar o estilo de jogo do Liverpool, que buscava muito os lançamentos para os seus três atacantes, Salah, Firmino e Mané, pressionarem com velocidade.

O jogo

Logo nos primeiros segundos, o Liverpool ameaçou. Firmino recebeu pelo alto, ganhou de Rodrigo Caio de chutou por cima. A equipe inglesa exagerou nos lançamentos desde a defesa, demonstrando preocupação.

Mas gerava perigo quando seus atacantes e meio-campistas conseguiam escapar. Desta maneira, aos 4, Keita chutou por cima e aos 5.

Numa das poucas vezes em que o Liverpool armou uma jogada, sem explorar o contra-ataque, Arnold arriscou de fora da área, com a bola passando rente à trave.

Mas a partir dos 15, Bruno Henrique, inicialmente vigiado por Gómez, começou a se movimentar e dar trabalho. O Flamengo passou a tocar a bola e dominar as ações. Everton Ribeiro se revezava com Gabigol e isso confundia a marcação adversária.

O Liverpool insistia na ligação direta. E o Fla jogava de forma mais coesa, agregando o toque de bola e a criatividade brasileira para encontrar espaços.

No segundo tempo, o Liverpool entrou com força e dominou as ações no início. Firmino novamente voltou a perder um gol no início, após dar lindo drible e finalizar na trave. Aos 4, Salah chutou para fora, da pequena área. 

O Fla reagiu e chegou duas vezes com Gabigol, aos sete minutos. O recuo de Firmino, que passou a ocupar mais o meio-campo, deu maior volume ao Liverpool no setor. Isso quebrava o ritmo da equipe carioca. 

O Fla, no entanto, voltou a tocar a bola e, com triangulações, criou novamente perigo. Aos 23, Gabigol até tentou uma bicicleta, defendida por Alisson. 

Nos 10 minutos finais, o Fla passou a contar com Vitinho, que entrou no lugar de Arrascaeta, e Diego, no lugar de Everton Ribeiro.

Alterações de Jorge Jesus

Mas ficou praticamente impossível segurar o Liverpool, que ganhou ainda mais volume com a entrada de Lallana no lugar de Oxlade-Chamberlain.

Diego Alves, que havia se machucado, fez uma defesa espetacular após chute de Henderson, de fora da área. Nos acréscimos, o juiz apontou pênalti de Rafinha em Mané, mas voltou atrás, após uso do VAR.

O jogo foi para a prorrogação. O Fla aparentava mais cansaço. E não contava com seus jogadores mais criativos: Everton Ribeiro e Arrascaeta.

As alterações de Jorge Jesus, neste sentido, não surtiram efeito. E até Gabigol voltou para marcar na grande área.

Era o Liverpool quem tocava. E explorava os contra-ataques. Aos 8 da prorrogação, Mané entrou em velocidade, tocou para Firmino que, com um toque tirou Rodrigo Caio e Diego Alves para fazer 1 a 0 e acabar com o sonho flamenguista.

Mais inteiro e consciente, o Liverpool soube se fechar, continuar a explorar os contra-ataques e ainda criar perigo contra um Flamengo corajoso, mas sem forças para buscar o resultado.

Ficha técnica

LIVERPOOL 1 X 0 FLAMENGO

Competição: Mundial de Clubes da Fifa
Local: Estádio Khalifa Internacional, Doha (Qatar)
Data e horário: sábado (21 de dezembro de 2019), às 14h30 (de Brasília)
Árbitro: Abdulrahman Al Jassim (Qatar)
Auxiliares: Taleb Al Marri (Qatar) e Saoud Almaqaleh (Qatar)
Cartão amarelo: Mané, Salah, Milner, Vitinho e Diego
Gol: Firmino, aos 8 do primeiro tempo da prorrogação

Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Joe Gomez, Van Dijk e Robertson; Henderson, Keita (Milner) e Oxlade-Chamberlain (Lallana); Salah (Shaqiri), Firmino (Origi) e Mané. Técnico: Jurgen Klopp.

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão (Berrío), Gérson (Lincoln) e Arrascaeta (Vitinho); Everton Ribeiro (Diego), Gabriel Barbosa e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Liverpool x Flamengo: confira as melhores imagens do Mundial 2019