Futebol Jogador é ameaçado por torcedores do Náutico: 'Vou te matar e sei onde você mora'

Jogador é ameaçado por torcedores do Náutico: 'Vou te matar e sei onde você mora'

Jael, com passagens por Flamengo e Grêmio, prestou queixas contra membros de organizada; "Até quando isso?", escreveu em nota

  • Futebol | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Atacante do Náutico, Jael relata ter sido ameaçado de mortes por torcedores

  • 'Olha bem na minha cara que eu vou te matar e sei onde você mora', disse um membro de organizada

  • Jael lamentou o fato e diz ter prestado queixa contra dois torcedores

  • Caso aconteceu na última semana, quanto torcedores invadiram o CT do clube para protestar

Jael durante jogo do Náutico pela Série C

Jael durante jogo do Náutico pela Série C

Tiago Caldas / CNC - 07.05.2023

O atacante Jael, do Náutico, revelou nesta terça-feira (9) ter sido ameaçado de morte por um grupo de torcedores do clube pernambucano.

O caso teria ocorrido na última sexta-feira (5), quando torcedores de organizada alvirrubros invadiram o CT do clube para protestar contra a má-fase do Náutico.

Segundo o jogador de 34 anos, dois membros da organizada "Fanáuticos" foram até a sua direção, e um deles teria dito: "Olha bem na minha cara que eu vou te matar e sei onde você mora".

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Além disso, o atacante relata que outro torcedor "exaltado" também o ameaçou de morte e deu um tapa em sua perna.

Jael diz não ter reagido às ameaças, e que, posteriormente, prestou queixas contra os dois torcedores. Em nota publicada nas redes sociais, o atacante se mostrou frustrado, mas vai continuar no clube. "Até quando isso?", escreveu.

Confira a nota publicada por Jael:

Com passagens por mais de 15 clubes do país e do exterior, Jael, apelidado de Cruel, chegou ao Timbu no início deste ano, para a disputa da série C do campeonato brasileiro.

Em seu currículo, o atacante atuou por gigantes do país, como Flamengo, Atlético-MG e Grêmio, onde foi campeão da Libertadores, em 2017.

Últimas