Futebol Já campeão, Palmeiras goleia Fortaleza e festeja 11º título do Brasileirão

Já campeão, Palmeiras goleia Fortaleza e festeja 11º título do Brasileirão

Partida realizada no Allianz Parque, pela 35ª rodada da competição, contou com os gols de Dudu, Rony (2) e da estrela Endrick

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Resumindo a Notícia
  • Palmeiras garantiu 11º título do Brasileiro com derrota do vice-líder Internacional

  • Verdão entrou em campo já campeão e, ainda assim, goleou Fortaleza por 4 a 0

  • Rony (duas vezes), Dudu e Endrick fizeram a alegria dos torcedores no Allianz Parque

  • Alviverde cumpre tabela no Brasileiro nas próximas três rodadas

Com o 11º título já em mãos, pela derrota do Internacional mais cedo, o Palmeiras recebeu o Fortaleza, na noite desta quarta-feira (2), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro e venceu os cearenses por 4 a 0, no Allianz Parque.

A festa do Verdão contou com dois gols de Rony, Dudu e Endrick, para o grito de 'é campeão' nas arquibancadas eclodir com mais de 29 mil palmeirenses no estádio. Com isso, o time manteve o melhor ataque (63) e defesa (22) do torneio em 35 partidas - mantendo 20 jogos de invencibilidade.

Além disso, o Alviverde é o único clube a ostentar títulos brasileiros em seis diferentes décadas (anos 1950, 1960, 1970 e 1990 - sem contar neste século 21 nas décadas de 2010 e 2020). Considerando todos os torneios nacionais, o maior campeão do Brasil segue na ponta: agora são 18 conquistas (11 Campeonatos Brasileiros, quatro Copas do Brasil, duas Série B e uma Copa dos Campeões).

Rony comemora gol do Palmeiras diante do Fortaleza pela 35ª rodada do Brasileirão no Allianz

Rony comemora gol do Palmeiras diante do Fortaleza pela 35ª rodada do Brasileirão no Allianz

REPRODUÇÃO BRASILEIRÃO ASSAÍ/TWITTER OFICIAL (02.11.2022)

Compromissos
A equipe palmeirense já com o título garantido do Campeonato Brasileiro vai atuar na Arena Pantanal, pela 36ª rodada, diante do Cuiabá, às 18h30, no próximo domingo (6), visando manter a invencibilidade como visitante (10 vitórias e sete empates). Já o Fortaleza de olho na Libertadores de 2023 busca se reabilitar no Castelão, no mesmo dia, contra o Atlético-GO, às 16h.

Festa alviverde
O Verdão entrou para cantar e vibrar com o seu torcedor. Em menos de quinze minutos já vencia os rivais. Aos 14' do primeiro tempo, Rony, artilheiro do time na temporada e no Brasileirão abriu o placar. Abel Ferreira seguiu no banco de reserva pedindo seu time com fome e aos 31' em bela enfiada de bola de Marcos Rocha, Dudu fez de cobertura o seu gol de número 85 com a camisa palmeirense - maior artilheiro do século.

Na etapa final, o ímpeto do Palmeiras não baixou e o elenco seguiu tentando ajudar o Endrick a marcar pela primeira vez no Allianz Parque. Antes da Cria da Academia ir às redes, o camisa 10 do Verdão, este ano, mais uma vez marcou em favor da equipe verde e branca, aos 3' da etapa final. Agora, já com gritos de é campeão pelo estádio inteiro, a joia do Alviverde marcou seu terceiro gol no time principal, aos 19' do segundo tempo, após um cruzamento de Dudu, sendo essa sua segunda assistência partida.

Com a goleada, os comandados de Abel Ferreira somaram 77 pontos no Campeonato Brasileiro, não podendo mais ser nem igualado por ninguém na competição, faltando os jogos contra Cuiabá, América-MG e Internacional.

FICHA TÉCNICA
Palmeiras 4 x 0 Fortaleza
Local: Allianz Parque, São Paulo
Data e hora: quarta-feira (2), às 21h30
Público e Renda: 29.104 / R$ 3.675.069,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Bruno Boschilia (PR)
Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Danilo, aos 19' 1º/T, Gustavo Scarpa, aos 32' 1º/T (Palmeiras); Titi, aos 22' 1º/T (Fortaleza)

Gols: Rony, aos 14' 1º/T e aos 3' 2º/T, Dudu, aos 31' 1º/T e Endrick, aos 19' 2º/T (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton; Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Marcos Rocha, Danilo (Gabriel Menino), Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Bruno Tabata); Dudu (Mayke), Endrick (Merentiel) e Rony (López). Técnico: Abel Ferreira.

FORTALEZA: Fernando Miguel; Tinga, Titi (Marcelo Benevenuto), Brítez e Juninho Capixaba; Lucas Sasha, Caio Alexandre (José Welison) e Lucas Crispim (Fabrício Baiano); Romarinho (Hércules), Pedro Rocha e Thiago Galhardo (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

'Quem tem mais, tem 11': Palmeiras dispara no ranking de campeões brasileiros

Últimas