Futebol Grêmio bate o Cuiabá fora de casa e abre vantagem pela Copa do Brasil

Grêmio bate o Cuiabá fora de casa e abre vantagem pela Copa do Brasil

Apesar de pressão no segundo tempo, Tricolor se segura e vence por 2 a 1. É a sexta vitória consecutiva dos comandados de Renato Gaúcho

  • Futebol | Do R7

Diego Souza comemora gol que abriu caminho para vitória do Grêmio

Diego Souza comemora gol que abriu caminho para vitória do Grêmio

Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

Pentacampeão da Copa do Brasil, o Grêmio segue firme em busca de mais um título! Mesmo atuando fora de casa, o Tricolor venceu o Cuiabá por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (11) e ficou mais perto da vaga na semifinal da competição.

O time gaúcho marcou com Diego Souza, ainda nos primeiros minutos, e Jean Pyerre, de pênalti. Pelos donos da casa, Willians Santana, aquele mesmo ex-Palmeiras e Fluminense, fez, de cabeça. Na segunda etapa, o Cuiabá pressionou bastante, mas não conseguiu o empate.

Com esse resultado, o Grêmio joga agora por um empate, na próxima quarta (18), em sua arena, para confirmar a presença entre os quatro melhores times da competição e aguardar por Flamengo ou São Paulo na semi.

Antes disso, o Tricolor tem um importante desafio pelo Campeonato Brasileiro, onde está em franca ascenção. No sábado (14), recebe o Ceará tentando a sétima vitória seguida (três pelo Brasileirão e três pela Copa do Brasil).

CUIABÁ 1 X 2 GRÊMIO

Data e hora: 11/11/2020 (quarta-feira), às 19h (horário de Brasília)
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Daniel Luís Marques (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Willians Santana, Franco Muller (CUI); Lucas Silva (GRE)
Gols: Diego Souza, aos 8 minutos do primeiro tempo (GRE); Willians Santana, aos 19 minutos do primeiro tempo (CUI); Jean Pyerre, aos 42 minutos do primeiro tempo (GRE)
CUIABÁ: João Carlos; Hayner (Lucas Ramon), Eduardo Kundé, Anderson Conceição e Romário; Matheus Barbosa (Pierini), Nenê Bonilha (Auremir), Yago César, Elvis (Jardel) e Maxwell; Willians Santana (Perdigão) Técnico: Franco Muller
GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz; Geromel, David Braz e Bruno Cortez; Lucas Silva, Matheus Henrique (Diogo Barbosa), Ferreira (Everton), Jean Pyerre (Thaciano) e Pepê (Paulo Miranda); Diego Souza (Diego Churín) Técnico: Renato Gaúcho

São Paulo é favorito ao título: veja matemática do Brasileirão 2020

Últimas