Futebol Fluminense faz 10 a 1, mas não avança na Sul-Americana

Fluminense faz 10 a 1, mas não avança na Sul-Americana

Tricolor conseguiu atropelar o Oriente Petrolero, na Bolívia, mas não contorno com resultado no outro jogo e está eliminado

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Germán Cano comemorando gol durante o duelo entre Oriente Petrolero e Fluminense, pela Sul-Americana

Germán Cano comemorando gol durante o duelo entre Oriente Petrolero e Fluminense, pela Sul-Americana

MARCELO GONÇALVES/FLUMINENSE FC (26.05.2022)

O Fluminense fez sua parte na noite desta quinta-feira (26) ao vencer o Oriente Petrolero por 10 a 1 na Bolívia, pela Copa Sul-Americana. O problema foi que não havia feito nas outras rodadas e chegou à precisando golear e última com um empate no outro jogo da chave que não veio: o Union Santa Fe venceu fora de casa o Barranquilla por 4 a 0.

Com os resultados da noite, quem avança às oitavas é o Santa Fé, com 12 pontos. O Flu termina com 11, em segundo lugar. Um ponto à frente de Barranquilla. O Petrolero terminou sem somar pontos.

O 1° tempo começou com velocidade máxima com o Fluzão fazendo 4 gols em menos de 20 minutos e ampliando para 6, antes do final da primeira etapa. Os tentos saíram com 2 gols de Matheus Martins, 2 de Cano, 1 de Jhon Arias e 1 de Caio Paulista. O Oriente Petrolero fez seu único gol com o atacante Álvarez. 

O Fluminense e Oriente Petrolero ficaram com um menos aos 30 minutos, após confusão entre Nonato e Rojas, expulsos antes do intervalo. 

No 2° tempo, o Tricolor continuous atropelando os donos da casa, com Hat-Tricks seguidos de Matheus Martins e Germán Cano, que fizeram o 3° gol cada na partida. Sem freio, o Flu contínuo ampliando e foi a vez de Manoel fazer 9° e Willian Bigode 10° gol da partida. 

Está foi a maior goleada da história da Sul-Americana e também a maior do Fluminense no Século XXI. O registro ocorreu no último dia 8 a 0 sobre o América-RJ, no Torneio Rio-São Paulo.

Virando a chave

O Fluminense volta a campo no domingo (29), no clássico diante do Flamengo , pelo Campeonato Brasileiro , às 18h (de Brasília). No Maracanã, o Fla-Flu será mando do Tricolor Carioca, que vem reagindo nos pontos corridos, e está na 7ª posição, com 11 pontos.

FICHA TÉCNICA
Oriente Petrolero 1 x 10 Fluminense
Local: Estádio Ramón Tahuichi, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia
Data e hora: quinta-feira (26), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Guillermo Guerrero (Equador)
Auxiliares: Christian Lescano e Ricardo Baren ( ambos do Equador)
Cartões amarelos: Suaréz, Saucedo, Guaycochea, Mercado e Salces (Oriente Petrolero); Willian Bigode, Luccas Claro e Cris Silva (Fluminense)
Cartões vermelhos: Nonato (Fluminense) e Jorge Rojas (Oriente Petrolero)

Gols: Matheus Martins aos 01'/1°T, 40'/1°T e 8'/2°T Cano aos 9'/1°T, 13'/1°T e 12'/2°T  Jhon Arias aos 17'/1°T, Caio Paulista aos 36'/1°T, Manoel aos 20'/2°T e Willian Bigode 29'/2°T (Fluminense); Álvarez (Oriente Petrolero). 

ORIENTE PETROLERO: Quiñonez, Zaspe, Saucedo (Caire), Álvarez e Ayrton Paz; Sánchez (Salces), Sandoval (Daniela Rojas), Berdecio (Mercado) e Guaycochea, Jorge Rojas e Roca (Suárez). Técnico: Juan Manuel Llop.

FLUMINENSE: Fábio, Cris Silva, Manoel, Luccas Claro (Calegari) e Caio Paulista; Nonato, Martinelli, Jhon Arias e Matheus Martins (Luiz Henrique); Cano e Willian Bigode. Técnico: Fernando Diniz.

Diego Hypolito mostra antes e depois de harmonização facial

Últimas