Futebol Flu derrota garotos do Fla com gol de calcanhar do veterano Nenê

Flu derrota garotos do Fla com gol de calcanhar do veterano Nenê

Titulares do Tricolor derrotam time alternativo do Rubro-Negro, que ainda disputa a Taça Guanabara com jovens vindo das categorias de base

Agência Estado - Esportes
Veterano Nenê, do Fluminense, marcou golaço de calcanhar contra Flamengo

Veterano Nenê, do Fluminense, marcou golaço de calcanhar contra Flamengo

Jorge Rodrigues;Estadão Conteúdo - 29.1.2020

O Fluminense quebrou a invencibilidade dos garotos do Flamengo no Campeonato Carioca. Na noite desta quarta-feira, o time tricolor derrotou o rival por 1 a 0, no Maracanã, com um gol de calcanhar de Nenê, e se manteve como o único da competição com 100% de aproveitamento dos pontos disputados - quatro vitórias em quatro partidas.

Líder do Grupo A da Taça Guanabara (primeiro turno do torneio estadual), o Fluminense poderá garantir no sábado, com uma rodada de antecedência, seu lugar na semifinal. Para isso, precisa vencer o Boavista e contar com um tropeço do Madureira contra o Bangu.

Apesar da derrota, o Flamengo continua na primeira colocação do Grupo A, ao lado do Boavista, ambos com sete pontos. A equipe rubro-negra também pode se classificar na próxima rodada, mas para isso precisa bater o Resende na segunda-feira e contar com derrotas de Botafogo e Portuguesa para Vasco e Volta Redonda, respectivamente.

Em um primeiro tempo truncado e cheio de erros, demorou muito para que o gol se apresentasse como uma possibilidade concreta no Maracanã. Isso só ocorreu aos 39 minutos, quando uma cobrança de falta do veterano Nenê encontrou a trave. No rebote, Miguel teve a chance de marcar, mas seu chute foi para fora.

O jogo não melhorou muito no segundo tempo, e o Fluminense continuou sendo levemente superior ao rival. Faltou pouco para Gilberto abrir o placar aos 14 - sua cabeçada passou bem perto do gol do Flamengo -, mas aos 26 os tricolores acertaram o pé. E com uma sofisticação inesperada. Nenê recebeu a bola de costas para o alvo e marcou com um sutil toque de calcanhar.

Nos minutos finais, o clássico finalmente pegou fogo. O time de meninos do Flamengo foi com tudo ao ataque e teve uma chance de ouro para empatar aos 46 minutos, mas Guilherme Bala apavorou-se quando se viu frente a frente com Muriel e chutou em cima do goleiro do Fluminense. E, assim, a torcida tricolor festejou uma vitória sobre os rubro-negros, coisa rara nos últimos tempos - foi apenas o terceiro triunfo sobre o Flamengo nos últimos 20 clássicos.

FLAMENGO 0 X 1 FLUMINENSE

FLAMENGO - Gabriel Batista; João Lucas, Rafael Santos, Hugo Moura e Ramon; Richard Rios, Vinícius e Pepê (Guilherme Bala); Yuri César (Lucas Silva), Rodrigo Muniz e Bill (Wendel). Técnico: Maurício Souza.

FLUMINENSE - Muriel; Gilberto, Digão, Luccas Claro e Egídio; Henrique, Hudson (Dodi) e Yago Felipe; Miguel (Felippe Cardoso), Nenê e Matheus Alessandro (Lucas Barcelos). Técnico: Odair Hellmann.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

GOL - Nenê, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - João Lucas, Rafael Santos e Hugo Moura (Flamengo); Digão, Egídio, Hudson, Yago Felipe e Miguel (Fluminense).

RENDA - R$ 1.052.326,00.

PÚBLICO - 46.669 presentes (43.259 pagantes).

LOCAL - Estádio Maracanã, no Rio (RJ).

Viúva fala pela 1ª vez após morte de Kobe: ‘Vamos tentar seguir adiante’

Últimas