Futebol Fla empata com Bragantino e perde mais uma vez a chance de ser líder

Fla empata com Bragantino e perde mais uma vez a chance de ser líder

Com o empate, rubro-negro chega aos 65 pontos, um a menos do que o Inter, que receberá o Sport pela rodada na quarta-feira (10)

  • Futebol | Eduardo Marini, do R7

Arrascaeta teve trabalho para armar Flamengo contra Red Bull Bragantino

Arrascaeta teve trabalho para armar Flamengo contra Red Bull Bragantino

Rafael Moreira/Estadão Conteúdo - 7/2/2021

Bragantino um, Flamengo um, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2020.

Com o resultado, o rubro-negro, na luta pelo bicampeonato da competição, perde mais uma vez a chance de assumir a liderança da competição. Somou 65 pontos, um a menos do que o Internacional, que tem um jogo a menos.

O rubro-negro começou animado o jogo contra o perigoso time de Bragança, muito bem treinado por Maurício Barbieri. Entrou em campo com 47 pontos, em nono lugar, na luta por uma vaga na Libertadores, e com o artilheiro da competição, o meia-atacante Claudinho, com 17 gols.

O Flamengo entrou em campo no 4-4-2 preferido pelo técnico Rogério Ceni, com Hugo Souza no gol, na vaga de Diego Alves, Willian Arão na zaga, no lugar de Rodrigo Caio, e João Gomes no meio, em substituição a Diego, que levou o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 0 sobre o Vasco.

A partida permaneceu equilibrado até os 30 minutos do primeiro tempo, quando o Flamengo passou a apresentar um volume maior de jogo. Aos 31, o zagueiro rubro-negro Gustavo Henrique teve a camisa escandalosamente puxada pelo volante Ricardo Ryller, do Bragantino, dentro da área do time da casa. Após consultar o VAR, o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou corretamente o pênalti.

Gabigol bateu com a categoria habitual, no canto direito, junto à trave. Bola na emenda da rede, aos 34 minutos da primeira etapa. Flamengo um a zero. O domínio rubro-negro permaneceu até o final da primeira etapa. Mas o jogo, diante de um adversário difícil e destemido, ainda estava bem longe da resolução.

O segundo tempo começou muito dividido, com o Bragantino disposto a empatar a partida em casa. O artilheiro Claudinho se movimentava muito no campo rubro-negro.

Pelo Fla, Arrascaeta conseguia arrumar espaço para fazer lançamentos. O jogo permanecia, no entanto, disputado e mascado.

E o Bragantino, de tanto buscar o empate, acabou premiado aos 17 minutos do segundo tempo. Helinho cruzou para trás e Ytalo empurrou para o gol da marca do pênalti. Um a um.

Após o empate, o Bragantino deu chances ao Flamengo de fazer o segundo, mas o preciosismo de querer levar a bola dentro do gol impediu o rubro-negro de ser líder. E o Bragantino perdia chances no contra-ataque. E assim a partida seguiu até o fim.

O resultado castigou o Flamengo, que agora poderá ver o Inter novamente abrir quatro pontos na rodada. O Colorado fará seu 35º dos 38 jogos totais contra o Sport na quarta-feira (10), às 19h, no Beira-Rio.

O rubro-negro, uma vez mais, deixou escapar a liderança muito mais pelos gols desperdiçados do que os levados do adversário.

Chance ainda existe, mas ficou um gosto amargo.

Piada renovada! Os memes da eliminação do Palmeiras no Mundial

Últimas