Fla desiste de disputar Copinha para sub-20 jogar o Estadual profissional

Diretoria tentou trocar elenco por sub-17, mas FPF vetou e o rubro negro abandonou competição. Clube pode ficar fora de cinco edições do torneio

Sub-20 rubro negro sai da Copinha para substituir profissional do Estadual do Rio

Sub-20 rubro negro sai da Copinha para substituir profissional do Estadual do Rio

Lance

O Flamengo anunciou em nota, nesta segunda-feira (30), que não irá participar da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, competição da qual é tetracampeão. A estreia do time estava marcada para sábado (4)

A decisão foi tomada depois que o rubro negro tentou trocar praticamente todos os jogadores de sua equipe sub-20, inscritos anteriormente no torneio, por atletas do sub-17, o que foi negado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Ao pedir a troca, o Flamengo alegou que precisará da equipe sub-20 para a disputa do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, pois o time principal entrou em férias apenas no último dia 24 de dezembro e só voltará aos trabalhos em 24 de janeiro, como manda a legislação.

O Flamengo planeja utilizar o elenco sub-20 na estreia do Estadual, no dia 21 de janeiro, contra o Vasco, e, se for possível, em toda a Taça Guanabara, primeiro turno da competição, e no maior número possível de partidas do restante da disputa.

Praticamente todos os jogadores profissionais brasileiros entraram de férias em 8 de dezembro. Ao fim do Brasileirão. O atraso no início do descanso do elenco principal rubro negro ocorreu por causa da decisão do Mundial de Clubes, em Doha, no Qatar, no dia 21 de dezembro, na derrota para o Liverpool, da Inglaterra, por 1 a 0.

Na nota rubro negra, publicada duas horas após o anúncio do veto da FPF ao pedido de troca, os dirigentes do clube destacaram que seis jogadores do elenco sub-20 sofreram lesões após as inscrições na Copinha. E disseram não ter sido possível saber, “no prazo limite regulamentar das inscrições, que o clube (Flamengo) seria campeão da Copa Libertadores da América”.

Em carta enviada à diretoria rubro negra, a FPF rebateu os argumentos com a alegação de que o prazo final para a troca de jogadores na Copinha era 25 de novembro, dois dias depois da conquista da Libertadores pelo Flamengo, na vitória de 2 a 1 sobre o River Plate, em Lima, no Peru, o que daria ao time do Rio tempo suficiente para acionar a organização da Copinha e modificar as inscrições.

Com a desistência, o Flamengo, de acordo com o regulamento, poderá ser suspenso de até cinco edições do torneiro e receber multa de R$ 20 mil. O rubro negro estava no Grupo 25, com Trem, Água Santa e Vitória da Conquista. A diretoria do clube não fez comentários sobre a possibilidade de punição.

Abaixo, a íntegra da nota do rubro negro:

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que não participará da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, competição sempre valorizada pelo clube, detentor de quatro títulos do torneio ao longo da história.

A decisão se deve ao histórico desempenho do time profissional na temporada 2019, que fez com que o calendário de jogos se estendesse até o final de dezembro - com a participação no mundial de clubes.

Isso vai fazer com que as férias dos jogadores profissionais se encerrem apenas no final de janeiro. Sendo assim, o Flamengo contará com grande parte do elenco da categoria Sub-20, antes inscritos na Copa São Paulo, para os primeiros jogos da Taça Guanabara, cujo início se dará em meados de janeiro. Além desse fato, seis jogadores inscritos na Copinha sofreram lesões que os impedem de jogar o torneio.

Sabendo disto e com a ressalva de que não era possível saber, no prazo limite regulamentar das inscrições, que o clube seria campeão da Copa Libertadores da América, o Flamengo ainda tentou a inclusão de novos atletas na lista que havia sido anteriormente enviada à Federação Paulista de Futebol. Infelizmente, o pedido foi negado pela organização do campeonato.

Dessa forma, o clube decidiu por não participar da competição, agradecendo ao convite recebido para a disputa e desejando todo o sucesso ao evento".