Campeonato Brasileiro

Futebol Em casa, Santos bate o Coritiba e vence a primeira no Brasileirão

Em casa, Santos bate o Coritiba e vence a primeira no Brasileirão

Jogando na Vila Belmiro, Peixe foi superior e venceu por 2 a 1 o Coxa, garantindo o primeiro triunfo no campeonato nacional

  • Futebol | Do Live Futebol Br

Na manhã deste domingo (17), o Santos fez o dever de casa, bateu o Coritiba por 2 a 1 na Vila Belmiro pela segunda rodada e conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Com o empate sem gols na estreia diante do Fluminense, o Alvinegro Praiano chega a 4 pontos no nacional.

Neste domingo, os gols foram marcados todos no primeiro tempo. O Peixe começou melhor e conseguiu abrir o placar com gol de Léo Baptistão, logo aos 11 minutos. O Coxa buscou o empate em cobrança de pênalti de Léo Gamalho aos 28', mas o zagueiro Henrique, contra, fez o segundo gol santista.

Meia-atacante Ângelo, um dos destaques do Santos na partida, celebra gol na Vila Belmiro

Meia-atacante Ângelo, um dos destaques do Santos na partida, celebra gol na Vila Belmiro

Divulgação/Santos FC

Na segunda etapa, o jogo foi truncado com poucas chances de gols e muitas faltas, mantendo o placar de 2 a 1 para o Santos.

Próximos jogos
O Santos volta a campo contra o próprio Coritiba, na quarta-feira (20), às 19h30 (de Brasília), pela Copa do Brasil. A partida no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense, é válida pela terceira fase da competição nacional. 

O jogo
O primeiro tempo teve início com os clubes criando no meio de campo, mas o Santos abriu o placar aos 11'.  Ângelo começou a jogada com lançamento para Léo Baptistão, que recebeu e tocou para Marcos Leonardo. O atacante foi bloqueado, mas a bola sobrou novamente e ele abriu o marcador: 1 a 0.

O Peixe recuou a marcação, dando espaço no meio de campo. Mas o Coxa chegou à área santista, tanto que, aos 28', Zanocelo derrubou Andrey dentro da área e o pênalti foi marcado. Léo Gamalho bateu no canto direito de João Paulo, que quase chegou à bola, e empatou para o time paranaense: 1 a 1.

Aos 31' o Santos conseguiu o seu segundo gol com ajuda de Henrique, zagueiro do Coritiba que completou de carrinho, contra o próprio gol, o cruzamento de Lucas Pires.

Segunda etapa
Na volta do intervalo, o jogo foi mais truncado, com faltas cometidas de ambos os lados e com poucas chances de gol. O Santos buscou manter o controle do jogo, segurando o placar favorável, e o Coritiba teve dificuldade em conseguir levar perigo.

O Coxa criou algumas oportunidades, mas foram pouco efetivas. O time visitante começou bem na etapa final, mas diminuiu a intensidade com o passar do tempo, dando espaço para algumas chances do Santos.

Umas das boas chances do Peixe veio aos 30 minutos. Lucas Braga recebeu cruzamento na pequena área e Alex Muralha conseguiu fazer a defesa e impedir o gol. Mas foi só e o placar do primeiro tempo se manteve até o apito final na Vila Belmiro: 2 a 1 e vitória santista.

FICHA TÉCNICA
Santos 2 x 1 Coritiba
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data e hora: Domingo (17/4), às 11h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Thiago Henrique Correa Farinha e Thiago Rosa de Oliveira (ambos RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nobre Braga (RJ)

Gols: Léo Baptistão aos 11'/1°T e Henrique, contra, aos 31'/1°T (Santos); Léo Gamalho, de pênalti, aos 28'/1°T (Coritiba)

Cartões amarelos: Eduardo Bauermann e Madson (Santos); Alef Manga, Guillermo de los Santos, Andrey e Igor Paixão (Coritiba)

SANTOS: João Paulo, Eduardo Bauermann, Maicon, Madson (Lucas Barbosa), Lucas Pires, Vinícius Zanocelo (Willian Maranhão), Rodrigo Fernandez, Léo Baptistão (Velázquez), Ângelo (Bryan Angulo), Marcos Leonardo (Lucas Braga) e Jhojan Julio. Técnico: Fábian Bustos.

CORITIBA: Alex Muralha; Guillermo de los Santos (Matheus Alexandre), Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey (Val) e Thonny Anderson (Robinho); Igor Paixão, Alef Manga (Adrián Martínez) e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

Al Rihla revelou: relembre todas as bolas da história das Copas

Últimas