Futebol Destaque na partida, Rodrigo Caio comemora bom retorno 

Destaque na partida, Rodrigo Caio comemora bom retorno 

Após 5 meses parados, zagueiro foi titular e capitão do Flamengo no 1º tempo da vitória desta quarta-feira (11) pela Copa do Brasil

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Rodrigo Caio durante partida entre Flamengo e Altos-PI pela Copa do Brasil

Rodrigo Caio durante partida entre Flamengo e Altos-PI pela Copa do Brasil

Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo garantiu sua classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (11), ao vencer o Altos-PI por 2 a 0 em Volta Redonda. Além dos gols de Gabigol e Victor Hugo, que carimbaram a vaga, outro destaque positivo na partida foi o retorno do zagueiro Rodrigo Caio.

Depois de cinco meses parado por lesão no joelho, o camisa 3 foi titular e começou o jogo como capitão. O técnico Paulo Sousa seguiu as orientações da comissão médica e manteve o atleta atuando apenas nos primeiros 45 minutos. Ao sair de campo, Rodrigo Caio falou sobre esse período longe dos gramados e agradeceu a todos que estiveram ao seu lado. 

"Passa um filme na minha cabeça, de tudo que vivi nesses cinco meses. Foi muito difícil, mas já passou. Isso me dá muita alegria e confiança para poder voltar a jogar e me sentir saudável, coisa que não sentia há muito tempo", afirmou o zagueiro.

"Estou muito feliz. Só tenho a agradecer aos meus companheiros que estiveram do meu lado nesses momentos, ao departamento médico, que fez um trabalho incrível, e minha família, que foi fundamental. Eles estiveram comigo todos os momentos e é só agradecer. Espero ter sequência para voltar ao meu nível, que é o mais importante", completou Rodrigo Caio.

O defensor também falou sobre as cobranças que vinham da arquibancada, e de como a torcida exige, além do resultado, espetáculo durante os 90 minutos.

"Falando do primeiro tempo, tivemos um bom domínio e sabíamos que eles iriam se fechar bastante. Temos que ter paciência. Torcida quer espetáculo, mas nem sempre é assim", concluiu o defensor.

Neymar é o único brasileiro entre atletas mais bem pagos do mundo

Últimas