Futebol CR7 detona preços altos no futebol: ‘Qualquer um vale 100 milhões hoje’

CR7 detona preços altos no futebol: ‘Qualquer um vale 100 milhões hoje’

Em entrevista para televisão portuguesa, craque da Juventus opinou sobre os valores de transferências serem surreais e evitou estipular um preço em si

Cristiano Ronaldo

Reprodução/Instagram

Com valores astronômicos no mercado futebolístico e transferências cada vez maiores, os clubes do mundo estão gastando e quebrando recordes a cada janela. Em entrevista para uma emissora portuguesa, Cristiano Ronaldo foi bem crítico em relação aos milhões gastos e disse ser "loucura".

Uma das maiores contratações da história foi o caso do português João Félix. O jovem de 19 anos foi vendido nesta temporada do Benfica ao Atlético de Madrid por 126 milhões de euros, sendo a maior contratação da história do clube espanhol.

O craque da Juventus comentou ser surreal pagar um preço absurdo para goleiros e zagueiros sem terem "provado" o real valor.

"Hoje em dia, os preços praticados são surreais. Vou colocar o caso do João Félix à parte, mas agora qualquer jogador sem ter provado nada vale 100 milhões de euros. Isto é a loucura. Vê-se centrais e goleiros sendo transferidos por valores astronômicos. Mas, por um lado também é bom, porque é sinal de que o negócio do futebol está vivo e, aparentemente, de boa saúde", criticou o atacante de 34 anos.

Ele opinou também sobre o valor de mercado para os jogadores com a sua qualidade. "Quando vejo goleiros sendo vendidos por 75 milhões de euros, um jogador que faça o que eu faço dentro do campo e que garanta gols tem que ter valor três, quatro vezes mais. Fácil", completou ele, negociado por 100 milhões de euros em 2018.

Ainda na entrevista, o atacante português disse que não há uma data certa para se aposentar dos gramados e espera viver a grande fase de sua carreira. "Será que há algum jogador de futebol que tenha mais recordes do que eu? Tem (mais) prêmios? Se tiver prêmios, vamos lá! Mas há outras prioridades: as crianças, uma família, uma mulher, só Deus é que sabe. Posso abandonar no ano que vem ou jogar até aos 40. Quero desfrutar o momento", finalizou.

Veja onde estão os titulares do histórico ouro olímpico de 2016