Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Corinthians vence Coritiba de virada, respira no Brasileirão e chega ao 11º jogo de invencibilidade

Timão foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, mas contou com gols de Gil, Yuri Alberto e Wesley para vencer mais uma

Futebol|Do Live Futebol BR

Gil marcou o primeiro gol do Corinthians diante do Coritiba
Gil marcou o primeiro gol do Corinthians diante do Coritiba Gil marcou o primeiro gol do Corinthians diante do Coritiba

O Corinthians chegou ao 11º jogo de invencibilidade na temporada e respirou de vez no Campeonato Brasileiro ao vencer o Coritiba, por 3 a 1, de virada, na Neo Química Arena, pela última rodada do primeiro turno.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

 Compartilhe esta notícia no Telegram

Sem perder desde o dia 5 de julho, o Timão subiu para o 13º lugar e chegou aos 23 pontos, abrindo nove do próprio Coritiba, que perdeu a terceira seguida e estacionou nos 14 pontos, em 18º lugar, na zona de rebaixamento.

Continua após a publicidade

Leia também

Coxa surpreende

Diante de um adversário bem postado, o Corinthians encontrou muitas dificuldades para criar lances de perigo e viu o Coritiba abrir o placar aos 27 minutos. Marcelino Moreno cruzou, Henrique desviou e Murillo mandou contra o próprio gol.

Continua após a publicidade

O Coritiba só não foi com uma vantagem maior para o intervalo porque Cássio saiu fechando o ângulo de Diogo Oliveira, após furada de Murillo.

Que virada

Continua após a publicidade

Insatisfeito com o rendimento do time, Luxemburgo voltou com três mudanças para o segundo tempo: Bruno Méndez, Matheus Bidu e Wesley nos lugares de Fagner, Fábio Santos e Gabriel Moscardo. Foram necessários dois minutos para o Corinthians virar. E os dois gols sem querer.

Aos 6, Yuri Alberto finalizou, a zaga tirou em cima da linha, mas chutou em cima de Gil. Na sequência, Renato Augusto deu lance preciso e Ruan Oliveira ajeitou de cabeça. Gabriel ainda desviou a bola, que bateu no ombro do camisa 9 e entrou.

O apagão do Coritiba quase resultou em mais gols do Corinthians: Yuri Alberto perdeu chance incrível e Ruan Oliveira parou na boa defesa de Gabriel. Em uma bobeada da defesa alvinegra, Robson só não empatou porque finalizou em cima de Cássio.

Movimentado

A situação do Corinthians ficou mais simples aos 21 minutos. No contra-ataque puxado por Adson, Wesley puxou para o meio e finalizou forte no canto de Gabriel. A partida ficou aberta, com os dois times criando boas chances.

Recuperado de lesão, Matías Rojas entrou no lugar de Yuri Alberto aos 35 minutos para ganhar ritmo, já pensando no jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Não houve maiores emoções até o apito final do árbitro.

Próximos jogos

Pela 20ª rodada do Brasileirão, o Corinthians visita o Cruzeiro no próximo sábado (19), às 21h (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e o Coritiba recebe o Flamengo no domingo (20), às 16h (de Brasília), no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Antes, na quarta-feira (16), o Corinthians faz o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil contra o São Paulo, no Morumbi. Na ida, o Timão venceu por 2 a 1 e tem a vantagem do empate.

Ficha Técnica

Corinthians 3 x 1 Coritiba

Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data e horário: domingo (13), às 16h (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)

Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)

Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (VAR-Fifa-RS)

Gols: Gil, aos 6'/2T, Yuri Alberto, aos 8'/2T, Wesley, aos 21'/2T (Corinthians); Murillo, contra, aos 27'/1T (Coritiba)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Bruno Méndez), Gil, Murillo e Fábio Santos (Matheus Bidu); Gabriel Moscardo (Wesley), Maycon, Ruan Oliveira e Renato Augusto (Giuliano); Adson e Yuri Alberto (Matías Rojas). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORITIBA: Gabriel; Diogo Batista; Kuscevic, Henrique e Victor Luís; Fransérgio (Lucas Barbosa), Matheus Bianqui (Liziero) e Sebastián Gomez (Andrey); Marcelino Moreno, Robson (Ruan Assis) e Diogo Oliveira (Kaio César). Técnico: Willians Alves (auxiliar)

Ancelotti, Felipão, Diniz e mais: veja os técnicos que são paizões no mundo da bola

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.