Copa do Mundo Brasil entrega pré-lista para a Copa, mas não divulga nomes apesar do desejo do técnico Tite

Brasil entrega pré-lista para a Copa, mas não divulga nomes apesar do desejo do técnico Tite

Fifa exige para essa primeira etapa que 55 jogadores sejam indicados; convocação oficial acontece em 7 de novembro

  • Copa do Mundo | André Avelar, do R7

Resumindo a Notícia

  • Seleção brasileira envia nesta sexta-feira 55 nomes para a Fifa
  • Convocação final dos 26 jogadores, em 7 de novembro, precisa vir dessa pré-lista
  • Em caso de lesão, outro atleta pode ser chamado até 24 horas antes da estreia
  • Equipe se apresenta em 14 de novembro, em Turim, na Itália
Tite havia dito que gostaria de divulgar os 55 nomes pré-convocados pela seleção brasileira

Tite havia dito que gostaria de divulgar os 55 nomes pré-convocados pela seleção brasileira

LUCAS FIGUEIREDO/DIVULGAÇÃO/CBF - 21.9.2022

A seleção brasileira que buscará o hexacampeonato no Catar 2022 começa a tomar forma para valer nesta sexta-feira (21), a 30 dias da abertura. A CBF entregará uma pré-lista com até 55 jogadores para defender o país na Copa do Mundo. Apesar do desejo do técnico Tite, essa relação não será divulgada.

Desses 55 nomes enviados à Fifa, apenas 26 estarão efetivamente na Copa do Mundo — a entidade decidiu em junho pela inclusão de mais três jogadores na relação final. A expectativa é que o Brasil divulgue os convocados oficialmente em 7 de novembro, em evento na sede da CBF, no Rio.

Agenda da seleção brasileira até a estreia na Copa

21 de outubro - envio dos 55 nomes para a Fifa
7 de novembro - anúncio oficial dos 26 convocados
13 de novembro - jogadores liberados dos clubes
14 de novembro - início das apresentações na Itália
19 de novembro - embarque para Doha
20 de novembro - início dos treinamentos no Catar
23 de novembro - último dia para a substituição de lesionados
24 de novembro - estreia contra a Sérvia

A lista final tem obrigatoriamente que vir desses nomes enviados previamente para a Fifa. Entre a cúpula da CBF, há o entendimento de que o melhor seria não divulgar esses nomes a fim de evitar expectativas e até questionamentos e pedidos por um ou outro atleta.

Tite, no entanto, ao lembrar do vazamento dessa lista antes da Rússia 2018, preferia divulgar de uma vez os nomes, como ele mesmo havia dito após os últimos amistosos, contra Gana e Tunísia, em setembro. O técnico foi voto vencido e, segundo interlocutores do time verde-amarelo, aceitou a ideia. Há quatro anos, o zagueiro Dedé, que não vinha sendo chamado pelo treinador, apareceu entre os então 35 pré-relacionados.

Em caso de lesão de um atleta, outro pode ser convocado, ainda que não esteja entre esses primeiros 55. A lesão tem que ser confirmada grave e a substituição pode acontecer até um dia antes da estreia. O Brasil enfrenta a Sérvia, em 24 de novembro, pela primeira rodada do Grupo G. Nesse caso, o jogador herda o número do atleta cortado.

A seleção se reúne em 14 de novembro, já em Turim, na Itália, onde começará a sua preparação rumo ao hexa. De lá, embarca para o Catar cinco dias depois, até que, no dia seguinte, inicia os treinamentos.

Café árabe e doces de boas-vindas: veja curiosidades do país-sede da Copa 2022

Últimas