Copa do Brasil Santos bate Fluminense-PI nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Santos bate Fluminense-PI nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Peixe enfrentou grande dificuldade no duelo em Teresina, saiu atrás, teve jogador expulso, mas foi melhor nas cobranças 

  • Copa do Brasil | Do Live Futebol BR

Ricardo Goulart chuta para empatar para o Santos e levar o jogo para os pênaltis

Ricardo Goulart chuta para empatar para o Santos e levar o jogo para os pênaltis

Reprodução/Twitter Santos FC

O Santos venceu o Fluminense-PI nos pênaltis por 5 a 4 após o 1 a 1 no tempo normal e avançou na Copa do Brasil. O jogo, disputado na noite desta terça-feira (8), em Teresina, garantiu ao vencedor R$ 1,9 milhão pela classificação. O adversário na próxima fase será definido em sorteio na CBF.

Nas cobranças, Ricardo Goulart, Zanocelo, Lucas Braga, Lucas Barbosa e Lucas Pires fizeram para o time paulista. O goleiro Nicolas defendeu a cobrança de Pirani. Pelo Flu-PI, Mazinho e Ramon chutaram no travessão.

O próximo duelo do Peixe será o clássico com o Palmeiras, pelo Paulistão, no domingo (13), às 18h30, no Allianz Parque. O time do litoral é terceiro colocado do Grupo D do estadual, com 10 pontos. O Verdão lidera o C com 20.

Já o Fluminense Esporte Clube tem confronto pelo Campeonato Piauiense, que lidera com 25 pontos, no sábado (12), às 16h, contra o Altos, terceiro colocado, com 14.

O jogo
A partida começou com Janeudo, do Flu-PI, dando trabalho. Lucas Pires deu combate e o jogo ficou lá e cá. A partida mostrou um Fabián Bustos bastante agitado à beira do campo – era, afinal, a estreia do técnico argentino à frente do Peixe.

A partida foi, na etapa inicial, o que se pode chamar de estudada. Afinal, apesar de ser apenas a segunda das equipes na competição, valia a classificação – e um bom dinheiro em caixa.

O resultado foi um jogo sem grandes emoções em um gramado muito ruim. Chance mesmo teve Márcio Sérgio, o artilheiro do Brasil com 14 gols: aos 31’, o atacante do Flu-PI ganhou de Kaiky, chegou muito perto de João Paulo, mas chutou para a linha de fundo.

O Peixe respondeu com jogadas agudas de Marcos Guilherme e Ângelo, mas sem conclusões efetivas.

Nada de gols até brilhar a estrela do “Super Mário”. Após lateral cobrado na área santista, ele dominou no peito, de costas para o gol, e mandou de direita, aos 41', no canto esquerdo de João Paulo: 1 a 0 Flu-PI e gol de número 15 do artilheiro do Brasil.

Ao Santos restou a resignação da derrota parcial ao fim da etapa inicial. 

Segundo tempo
A segunda etapa começou com uma mudança logo de cara no Santos: o uniforme. O time abandonou o de cor preta usado no primeiro tempo e entrou em campo todo de branco.

A chuva apertou e raios também passaram a ser observados no "Albertão". Num contexto desfavorável, o Peixe fez alterações. Os donos da casa também: inclusive Mário Sérgio, poupado por conta da intensidade física.

O Fluminense apostou no ataque: colocou em campo Valdir, com passagens pelo Flamengo, para partir para cima. O Peixe tentava se encontrar com uma nova configuração em campo.

Lucas Barbosa, que entrou, quase faz o gol, mas a bandeira já subiu acusando impedimento do meia santista. 

Piorou para o time do litoral paulista: Camacho levou o vermelho aos 29' depois de falta em William Salvino.

Mas o Santos, com um a menos, reagiria reagir com o principal reforço da temporada: Ricardo Goulart. O meia-atacante de 30 anos mostrou frieza ao receber de Pirani, que tinha acabado de entrar, para tocar com uma perna e concluir com outra aos 36': 1 a 1.

Com o campo ainda mais enchardo, a decisão de quem passaria à terceira fase foi para os pênaltis. Melhor para o Santos, que fechou o placar em 5 a 4.

FICHA TÉCNICA

Fluminense-PI 1 (4) x 1 (5) Santos
Local: Estádio Governador Alberto Tavares Silva (Albertão), em Teresina
Data e hora: terça (7/3), às 21h30
Árbitro: Diego Pombo Lopez
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Edevan de Oliveira Pereira

Gols (tempo normal): Mário Sérgio (Fluminense-PI), aos 31'/1ºT; Ricardo Goulart, aos 36'/2ºT (Santos)

Cartões amarelos: Camacho (Santos), aos 29'/1ºT; Kaiky (Santos), aos 15'/2ºT; Thiaguinho (Fluminense-PI), aos 27'/2ºT; Zanocelo (Santos), aos 45'/2ºT

Cartão vermelho: Camacho (Santos), aos 29'/2ºT

FLUMINENSE-PI: Nicolas; Gean, Ramon, Michel, Thiaguinho; Mazinho, Sapé, Janeudo (Valdir); Bismarck (Tarcício), Eduardo e Mário Sérgio (William Salvino). Técnico: Marcelo Vilar

SANTOS: João Paulo; Vinícius Balieiro (Auro), Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Camacho, Sandry (Vinícius Zanocelo) e Ricardo Goulart; Ângelo (Lucas Barbosa), Marcos Guilherme (Lucas Braga) e Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos

Lewa faz 3 e Bayern goleia por 7 a 1; Liverpool perde, mas se classifica
 

Últimas