Futebol Conmebol reforma gramado do Maracanã e admite: 'Deplorável'

Conmebol reforma gramado do Maracanã e admite: 'Deplorável'

Em relação ao gramado do Nilton Santos, entidade não culpa o Botafogo e está pagando despesas do clube em viagens

  • Futebol | Eugenio Goussinsky, do R7

Conmebol quer gramado pronto para a final

Conmebol quer gramado pronto para a final

Antonio Lacerda/EFE/08-07-20

A Conmebol iniciou uma reforma do gramado do Maracanã, para que o estádio esteja em boas condições de receber a final da competição, no dia 10 de julho. A entidade ficou preocupada com as condições do gramado, entregue no último dia 23, após o Flamengo enfrentar o Fortaleza.

"Nas últimas vezes em que a Conmebol pegou o estádio para administrar, na Copa América de 2019 e na final da Libertadores de 2020, o estádio não estava em condições tão ruins. Essa foi a vez em que a Conmebol encontrou o gramado do Maracanã em pior estado. Estava deplorável, isso na opinião de agrônomos", afirmou um representante da Conmebol.

A entidade também admitiu que o estádio NIlton Santos, administrado pelo Botafogo-RJ, não estava com o gramado em boas condições mas, segundo o interlocutor, os motivos são outros.

A Conmebol não responsabilizou o Botafogo, mostrando inclusive gratidão ao clube e pagando todas as despesas terrestres da equipe, durante a Copa América, em viagens para fora do Rio de Janeiro.

"Sabemos das dificuldades do Botafogo, o clube está tentando se reerguer em meio a dívidas, teve boa vontade, cedeu o estádio e somos gratos. Houve uma reforma, mas, como a competição foi organizada em 12 dias no Brasil, o gramado foi utilizado antes do prazo de 14 dias, após a reforma, para a grama não soltar. Pode-se ver que, no jogo desta segunda-feira (28), entre Uruguai e Chile já estava melhor. E vai melhorar ainda mais para o jogo entre Brasil e Chile", disse.

Para a Conmebol, nos bastidores, quem deveria ter deixado em melhores condições o gramado era o Flamengo, em relação ao Maracanã.

"Do Botafogo sabemos as dificuldades, mas a administração do Flamengo em relação ao gramado é decepcionante. Basta ver os jogadores que a equipe contrata. Não entendo por que deixou o gramado nessas condições. Mas, nos 17 dias em que o estádio não estará sendo usado, conseguiremos deixá-lo em boas condições para a final", destacou.

Veja clubes que mais valorizaram seus elencos no futebol brasileiro

Últimas