Com Medina perto do tri, etapa de Portugal começa nesta quarta-feira

Com início nesta quarta-feira, a etapa de Portugal do Circuito Mundial de Surfe poderá ser decisiva para os brasileiros. Gabriel Medina, único que poderá assegurar o título por antecipação em Peniche, Filipe Toledo e Italo Ferreira brigam tanto pelo troféu da temporada quanto pelas vagas olímpicas para os Jogos de Tóquio-2020.

Atual líder da temporada, Medina briga pelo tricampeonato, sendo o segundo título consecutivo. Para tanto, o atual campeão mundial precisa ao menos chegar à final nas ondas portuguesas. Ao mesmo tempo, vai precisar acompanhar de perto os rivais porque o troféu só virá com uma combinação de resultados.

Se for campeão, Medina só vai assegurar o título com uma etapa de antecipação se Filipinho não alcançar as quartas de final e Italo ficar fora da decisão. Medina soma 48,015 pontos, contra 45,730 do vice-líder Filipinho. Italo, por sua vez, exibe 42,400, na quarta colocação, e é o atual campeão da etapa portuguesa. Entre os brasileiros está o sul-africano Jordy Smith, com 43,515, em terceiro lugar.

Medina também poderá sacramentar o título mesmo se perder numa eventual final em Portugal. Para tanto, Filipinho não pode passar da terceira fase e Italo, das oitavas de final. Em relação aos demais adversários, Jordy Smith e o norte-americano Kolohe Andino não poderão avançar às semifinais.

Caso estes cenários não se confirme, o título da temporada 2019 será decidido na última etapa do ano, em Pipeline, no Havaí, com início em 8 de dezembro. Ao todo, oito surfistas ainda têm chances de faturar o troféu da temporada, embora o havaiano John John Florence (8º do ranking) esteja lesionado e já fora da briga. Além dos já citados estão na briga o japonês Kanoa Igarashi e o australiano Owen Wright, sétimo colocado do ano.

Medina também é o único brasileiro que poderá sacramentar já em Portugal a vaga olímpica em Tóquio-2020. A disputa direta é novamente com Filipinho e Italo. No momento, o líder e o vice-líder da temporada estão mais perto da vaga. Pelas regras de classificação, somente dois surfistas por país podem entrar na Olimpíada, desde que ambos estejam dentro do Top 10 do ranking. Como o Brasil no momento conta com três nesta situação, um deles ficará de fora.

As disputas nas ondas portuguesas devem começar às 8 horas desta quarta-feira (4h da manhã, pelo horário de Brasília). A previsão é de mar pequeno na quarta e na quinta, o que deve adiar a estreia dos surfistas para a manhã de sexta-feira.