Futebol Com lei do ex, Athletico-PR vence São Paulo na Arena da Baixada

Com lei do ex, Athletico-PR vence São Paulo na Arena da Baixada

Vitor Bueno, de pênalti, marcou o único gol da partida, e manteve a invencibilidade do Furacão dentro de casa

  • Futebol | Do Live Futebol BR

O São Paulo visitou o Athletico-PR na tarde deste domingo (31), em partida válida pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro. Com gol de Vitor Bueno, o Furacão venceu por 1 a 0. 

Com o resultado, o Tricolor Paulista fica com 26 pontos e permanece na 10ª posição. Já o Athletico está em 4º lugar na tabela, com 34 pontos.

Agora, as equipes se preparam para os campeonatos continentais. O São Paulo recebe o Ceará na quarta-feira (3), às 19h15 (de Brasília), pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Já o Furacão recebe o Estudiantes, na quinta-feira (4), às 21h30 (de Brasília), pelas quartas da Copa Libertadores.

Moreira e Canobbio disputam a bola na Arena da Baixada

Moreira e Canobbio disputam a bola na Arena da Baixada

Divulgação/Athletico

Bom início do Athletico

Os donos da casa começaram a partida com um bom volume de jogo e dominando a posse de bola. O São Paulo tinha dificuldades para criar e ia se defendendo como podia. Apesar disso, não demorou muito para que o Tricolor conseguisse equilibrar a partida. Inclusive, aos 16’, Galoppo recebeu cruzamento de Rafinha e teve boa chance para marcar o primeiro, mas a cabeçada foi para fora.

Canobbio impedido e Galoppo com mais uma boa chance!

O Athletico chegou ao gol aos 20’. Após Vitor Bueno carimbar a trave, a bola sobrou para Canobbio, que não desperdiçou, mas o árbitro assinalou impedimento de Vitor Roque e anulou o gol do Furacão. Antes do fim do primeiro tempo, Giuliano Galoppo teve outra boa oportunidade de abrir o placar para o São Paulo, mas perdeu a passada e não conseguiu finalizar bem.

Felipe Alves, de vilão a herói

A segunda etapa começou com o estreante do dia, Felipe Alves, cometendo penalidade máxima. O arqueiro, ao tentar sair com os pés, derrubou Vitor Roque dentro da área. Na cobrança, Thiago Heleno chutou, mas o goleiro brilhou, fez uma excelente defesa, e evitou o gol do Furacão. Na sequência, o Tricolor respondeu com Marcos Guilherme, mas Bento fez boa defesa.

Lei do ex

Aos 20’, Moreira derrubou Canobbio na entrada da área, gerando mais um pênalti para o Furacão. Na cobrança, Vitor Bueno não desperdiçou e abriu o placar para os donos da casa. Antes de chegar ao Athletico, o jogador defendia as cores do São Paulo.

Os paulistas sentiram o gol levado e passaram a ter bastante dificuldade para criar. Apesar disso, aos 37', Calleri chegou a empatar o jogo, mas o árbitro já marcava impedimento.

FICHA TÉCNICA
Athletico-PR 1 x 0 São Paulo
Local: Arena da Baixada (Curitiba-PR)
Data e hora: domingo (31), às 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Nailton Júnior (CE)
Cartões amarelos: Luizão, Felipe Alves, Nikão, Luciano (São Paulo); Fernandinho, Thiago Heleno, Léo Cittadini (Athletico-PR)
Gol: Vitor Bueno aos 23’/2ºT (Athletico)

Athletico-PR: Bento; Khellven, Matheus Felipe, Thiago Heleno e Abner Vinícius (Pedrinho); Fernandinho, Erick e Vitor Bueno (Cittadini); Canobbio (Cirino), Cuello (Vitinho) e Vitor Roque (Rômulo). Técnico: Felipão.

São Paulo: Felipe Alves; Rafinha, Miranda e Luizão (Calleri); João Moreira, Pablo Maia, Talles (Léo), Galoppo e Rodriguinho (Igor Gomes); Marcos Guilherme (Rodrigo Nestor) e Nikão (Luciano). Técnico: Rogério Ceni.

Muito além de Marta: veja 7 jogadoras da seleção brasileira que se destacaram na Copa América

Últimas