Futebol Com gol no fim, Náutico vence o Cruzeiro no Recife pela Copa do Brasil

Com gol no fim, Náutico vence o Cruzeiro no Recife pela Copa do Brasil

Com gol de Gabriel Santiago, time pernambucano saiu na frente na partida de ida da terceira fase da competição

Lance
Gabriel Santiago comemora gol do Timbu ao lado dos companheiros

Gabriel Santiago comemora gol do Timbu ao lado dos companheiros

WILSON CASTRO/W9 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 13.04.2023

Com gol marcado por Gabriel Santiago, já nos minutos finais, o Náutico venceu o Cruzeiro, por 1 a 0, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, nos Aflitos, em Pernambuco. Com o resultado, o time alvirrubro joga por um empate em Belo Horizonte - a Raposa precisa de dois gols de diferença

Durante toda a partida, o Cruzeiro foi melhor e ofereceu mais perigo ao adversário. Com mais finalizações e mais chances claras, o time celeste fez de Vágner, goleiro do Náutico, o destaque alvirrubro durante o jogo.


O Náutico, por sua vez, não conseguiu se fazer tão presente no campo de ataque, pelo menos na primeira etapa. Na segunda etapa, o técnico Dado Cavalcanti foi o principal responsável pela reação do Timbu.

Com jogadores mais jovens, como o atacante Júlio e o meio-campista Gabriel Santiago, o time da casa teve mais velocidade, mais ímpeto e aproveitou de algumas fragilidades celestes, para abrir o placar, já nos minutos finais da partida. Um prêmio para a vontade de ganhar do Náutico.
 

Próximos compromissos:


A partida de volta entre as equipes acontece no dia 25 deste mês, em Belo Horizonte, ainda sem local definido. Antes disso, no próximo domingo, dia 16, o Cruzeiro enfrenta o Corinthians, pela Série A do Brasileirão.

Ficha técnica


NÁUTICO 1 x 0 CRUZEIRO

Data: 13 de abril de 2023 (quinta-feira)
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Estádio dos Aflitos, Recife (PE)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Renan Aguiar da Costa (CE)
Árbitro de vídeo - VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP/FIFA)
Cartões amarelos: Jean Mangabeira (NAU), Bruno Rodrigues (CRU), Denilson (NAU), Mateus Vital (CRU), Paulo Miranda (NAU), Luciano Castán (CRU)
Gols marcados: Gabriel Santiago, aos 43'/2ºT (1-0)

NÁUTICO (Técnico: Dado Cavalcanti)

Vágner; Victor Ferraz (Diego Ferreira, aos 39'/2ºT), Paulo Miranda, Denilson e Diego Matos; Jean Mangabeira (Juan Gauto, aos 39'/2ºT), Souza e Matheus Carvalho (Gabriel Santiago, aos 16'/2ºT); Vilero, Kayon (Alisson, aos 28'/2ºT) e Jael (Júlio, aos 16'/2ºT).

CRUZEIRO (Técnico: Pepa)

Rafael Cabral; William (Igor Formiga, aos 31'/2ºT), Luciano Castán, Lucas Oliveira e Marlon; Richard (Filipe Machado, aos 23'/2ºT), Ramiro (Wallisson, aos 16'/2ºT) e Mateus Vital; Bruno Rodrigues (Stênio, aos 31/2ºT), Wesley (Rafael Bilu, aos 16'/2ºT) e Gilberto.

Hermanos? Brasileiros consideram seleção argentina como a melhor do mundo, aponta pesquisa

Últimas