Futebol Com Corinthians e Athletico, Sul-Americana distribuirá R$ 300 mi

Com Corinthians e Athletico, Sul-Americana distribuirá R$ 300 mi

Competição mudou formato e agora terá fase de grupos. Apenas o primeiro de cada grupo avança às fases finais

Agência Estado - Esportes
Athletico-PR, Corinthians, RB Bragantino, Ceará e Atlético-GO já estão garantidos na Sul-Americana

Athletico-PR, Corinthians, RB Bragantino, Ceará e Atlético-GO já estão garantidos na Sul-Americana

Lance! Galerias

Athletico-PR, Corinthians, Red Bull Bragantino, Ceará e Atlético Goianiense já estão garantidos na próxima edição da Copa Sul-Americana. Sport, Bahia e Fortaleza lutam pela vaga restante na 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, que acontecerá nesta quinta-feira (25). A competição da Conmebol mudou seu formato para 2021, tendo a partir desta temporada uma fase de grupos e distribuindo US$ 59 milhões (cerca de R$ 320 milhões na cotação atual).

As seis equipes brasileiras estão diretamente classificadas à fase de grupos, junto a outros seis clubes argentinos (Newell's Old Boys, Talleres, Lanús, Rosario Central, Arsenal e Independiente). Os demais países filiados à Conmebol têm quatro clubes classificados cada, porém essas equipes jogarão entre si uma fase mata-mata prévia, restando apenas dois times de cada país na fase de grupos.

Além disso, os quatro clubes eliminados na terceira fase da fase preliminar da Copa Libertadores também seguirão para a fase de grupos da Copa Sul-Americana, totalizando 32 equipes divididos em oito grupos. Nessas circunstâncias, até oito brasileiros podem disputar a fase de grupos, caso Santos e Grêmio, São Paulo ou Fluminense sejam eliminados precocemente da principal competição do continente.

Alguns clubes analisam a ida à Copa Sul-Americana como uma possibilidade de uma temporada mais previsível, inclusive financeiramente, uma vez que a eliminação ainda no primeiro duelo da fase prévia da Libertadores acarretaria em perdas orçamentárias e esportivas, diminuindo o número de partidas na temporada e colocando pressão prematuramente sobre o grupo de jogadores e comissão técnica.

A edição de 2021 da competição tem, até este momento, garantidas as participações de quatro equipes que já conquistaram o torneio. O Arsenal levantou a taça em 2007, superando o América, do México, na decisão. Já o Independiente ganhou a Sul-Americana duas vezes, em 2010 e 2017, superando duas equipes brasileiras: Goiás e Flamengo, respectivamente. Em 2013, o Lanús derrotou a Ponte Preta na final. O Athletico-PR conquistou o título de 2018, superando o Junior Barranquilla, da Colômbia, nos pênaltis.

Na fase de grupos da Copa Sul-Americana, serão realizados jogos de ida e volta. Apenas o líder de cada grupo avança para a fase de oitavas de final, unindo-se aos oito terceiros colocados da fase de grupos da Libertadores. Depois, a competição segue seu formato tradicional, com quartas de final e semifinal em partidas de ida e volta e a decisão, em jogo único, ainda sem local definido.

As equipes brasileiras devem fazer as suas estreias entre os dias 20 e 22 de abril. As seis primeiras partidas serão disputadas até o dia 27 de maio. As oitavas de final serão disputadas entre o fim de julho e o início de agosto. As quartas acontecem também no mês de agosto, semifinais em setembro e a decisão, em novembro.

A Copa Sul-Americana também reserva para esta temporada uma boa premiação aos seus participantes. Caso seja campeã do torneio, uma equipe brasileira pode levar até US$ 6,8 milhões (aproximadamente R$ 37 milhões). A participação e eliminação na fase de grupos renderá pouco mais de US$ 1,02 milhão (cerca de R$ 5,6 milhões).

A equipe que chegar às oitavas de final somará US$ 1,4 milhão (R$ 7,6 milhões), às quartas de final, US$ 2 milhões (R$ 10,9 milhões) e às semifinais, US$ 2,8 milhões (R$ 15,2 milhões, na cotação atual). O título de vice-campeão pode render US$ 4,8 milhões (R$ 26 milhões).

A primeira fase da Copa Sul-Americana começa entre os dias 16 e 18 de março, com os confrontos mata-mata de equipes do mesmo país. A Conmebol aguarda apenas a definição do último indicado do Brasil e das quatro equipes uruguaias para consolidar os clubes classificados.

Últimas