Com 2 gols no início, Paraná bate Coritiba no clássico e encosta no G4 da Série B

Com dois gols logo no início do clássico, o Paraná embolou ainda mais a briga por uma vaga no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado, ao ganhar do Coritiba por 2 a 0, na Vila Capanema, pela 26.ª rodada.

A vitória depois de quatro jogos não só coloca o Paraná na frente do Coritiba (38 contra 37 pontos) como também alivia a pressão em cima do técnico Matheus Costa. O alviverde paranaense, porém, tem uma partida a menos que os demais.

O início do Paraná foi arrasador no clássico. Aos dez, Vitinho cruzou na medida e Jenison abriu o placar de cabeça. Dois minutos depois, Romércio agarrou o artilheiro tricolor dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, convertido por Bruno Rodrigues.

Depois disso, o jogo não teve mais emoção e torcedores do Coritiba resolveram roubar a cena. Após uma briga entre eles, duas torcedoras passaram mal e foram levadas ao hospital. Com as saídas da ambulância, a partida ficou paralisada por 13 minutos.

Assim que a bola voltou a rolar, o jogo foi parado novamente por quatro minutos, dessa vez por falta de médicos. Dentro de campo, o Paraná segurou a vantagem até o intervalo.

O Coritiba voltou do intervalo com outra postura com as alterações feitas por Jorginho - Igor Jesus e Thiago Lopes entraram nos lugares de Giovanni e Kelvin -, mas tinha dificuldades para passar pela forte marcação do Paraná.

Nos minutos finais, o time visitante ainda teve duas oportunidades. Na primeira, Robson mandou por cima. Logo depois, quando o atacante acertou o alvo, Eder Sciola apareceu para impedir o gol coxa-branca.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, às 19h15, pela 27.ª rodada. O Paraná enfrenta o Operário, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, enquanto o Coritiba recebe o Guarani, no Couto Pereira, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 2 X 0 CORITIBA

PARANÁ - Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto e Vitinho (Itaqui); Judivan (Raphael Alemão), Jenison e Bruno Rodrigues (João Pedro). Técnico: Matheus Costa.

CORITIBA - Rafael Martins; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick Brey; Matheus Sales, Juan Alano, Giovanni (Igor Jesus) e Robson; Rodrigão (Rafinha) e Kelvin (Thiago Lopes). Técnico: Jorginho.

GOLS - Jenison, aos 10, e Bruno Rodrigues, aos 13 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Lucas Paulo Torezin (PR).

CARTÕES AMARELOS - Judivan (Paraná); Rodrigão e Igor Jesus (Coritiba).

RENDA - R$ 208.005,00.

PÚBLICO - 11.215 pagantes (11.630 presentes).

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).