Futebol Chelsea vence City por 1 a 0 e é bicampeão da Liga dos Campeões

Chelsea vence City por 1 a 0 e é bicampeão da Liga dos Campeões

Kai Havertz, ainda no primeiro tempo, marcou o gol solitário que deu o segundo título de Champions League da história dos Blues

  • Futebol | Pietro Otsuka, do R7

Chelsea venceu o City por 1 a 0 e chegou ao segundo título de Liga dos Campeões

Chelsea venceu o City por 1 a 0 e chegou ao segundo título de Liga dos Campeões

REUTERS/Manu Fernandez

O Chelsea venceu o Manchester City por 1 a 0 neste sábado (29) e foi campeão da Liga dos Campeões pela segunda vez em sua história. Os Blues foram melhores nos 90 minutos e marcaram com o alemão Kai Havertz, ainda no primeiro tempo

A etapa inicial da decisão da Liga dos Campeões foi de muita intensidade, de ambas as equipes. O time de Pep Guardiola subia a marcação para sufocar a saída de bola do Chelsea, que trabalhava pelas pontas para escapar da pressão. Do outro lado, os Blues, quando quebravam a primeira linha do City, avançavam em velocidade no contra-ataque.

Os alemães Timo Werner e Kai Havertz recebiam bem nas costas dos laterais e conseguiam reter a bola até que o time do Chelsea se posicionasse no ataque. Nas vezes em que conseguiu progredir ao ataque, o Chelsea levou perigo a meta de Ederson. Só Werner perdeu três chances de gol em sequência.

E foi dos pés de um dos alemães que o Chelsea abriu o placar da decisão. Os Blues fugiram da pressão na saída de bola com belo lançamento de Mendy para Chilwell. O lateral escorou para Mason Mount, que até ali tinha atuação discreta, mas que é um dos grandes destaques de Thomas Tuchel.

O meia encontou Kai Havertz, sozinho, correndo em diagonal nas costas da zaga do Manchester City. O alemão saiu em disparada, venceu Ederson na dividida, e só completou para o gol vazio, para abrir o placar no Estádio do Dragão.

De Bruyne saiu machucado na segunda etapa

De Bruyne saiu machucado na segunda etapa

REUTERS/Michael Steele

E se as coisas já não estavam bem para o time de Guardiola, logo no início da segunda etapa ficaram piores. Kevin De Bruyne, principal jogador da equipe, teve que ser substituído após uma trombada com Rudiger, do Chelsea, que custou caro ao meia belga e deixou até um olho roxo no jogador do City. 

A medida que os 90 minutos se aproximavam, Guardiola promovia mudanças para tentar o empate. Gabriel Jesus, Fernandinho e Aguero, que fez seu último jogo vestindo a camisa do Manchester City, entraram na partida, mas pouco conseguiram fazer. 

Esse é o segundo título de Champions League da história do Chelsea. O primeiro foi conquistado em 2012, contra o Bayern de Munique na final.

O Manchester City entra para uma lista indesejável de times que estrearam em finais de Liga dos Campeões e perderam, ao lado de Atlético de Madrid, PSG, Arsenal e tantas outras grandes equipes do futebol europeu.

Chelsea vence o Manchester City e conquista a Champions. Veja as fotos

Últimas