Campeonato Brasileiro

Futebol Ceará surpreende o Palmeiras e faz 3 a 2 na estreia do Brasileirão

Ceará surpreende o Palmeiras e faz 3 a 2 na estreia do Brasileirão

Partida realizada no Allianz Parque com mais de 27 mil pessoas teve como destaque Mendoza, participando de dois gols cearenses

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Mendoza (ao centro) comemora gol pelo Ceará contra o Palmeiras

Mendoza (ao centro) comemora gol pelo Ceará contra o Palmeiras

FELIPE SANTOS/SITE OFICIAL DO CEARÁ

O Palmeiras estreou com derrota no Brasileirão 2022. Jogando no Allianz Parque na noite deste sábado (9), os comandados de Abel Ferreira perderam do Ceará por 3 a 2, em partida válida pela 1ª rodada do torneio nacional.

No Vovô, o grande destaque foi o meia Steven Mendoza, que participou do primeiro gol e anotou o segundo. O primeiro tento palmeirense foi marcado pelo meio-campista Zé Rafael, e quando o Verdão mais pressionava, Lucas Ribeiro fez o terceiro do time visitante. Só deu tempo de Gómez diminuir de pênalti, já nos acréscimos.

Com a derrota, o Alviverde perdeu a série invicta atuando contra os cearenses no Estado de São Paulo. Agora, são 17 jogos, com 13 vitórias, três empates e uma derrota.

O jogo

A equipe cearense começou de forma ofensiva e logo abriu 2 a 0 no placar. Aos 6 minutos, Mendoza arrancou pelo lado esquerdo e cruzou na pequena área do Verdão, que viu o lateral-esquerdo Jorge fazer gol contra.

Aos 13', ele de novo: Mendonza ficou com a sobra de um escanteio e, depois de uma tentativa de chute ser salva na linha por Marcos Rocha, finalizou com a perna direita, no alto, e ampliou a vantagem: 2 a 0.

O Palmeiras reagiu aos 21 minutos. Depois de uma bela jogada entre Dudu e Raphael Veiga, o camisa 7 fez um corta luz e Zé Rafael, da meia lua, bateu colocado para diminuir o prejuízo no Allianz.

Aos 32' da etapa inicial, Rony quase empatou depois de passe do Marcos Rocha, mas a bola saiu tirando tinta da trave adversária.

No segundo tempo, o atacante Navarro entrou no lugar do volante Zé Rafael e teve uma oportunidade empatar a partida logo aos 9 minutos. Foi uma sobra da defesa na grande área adversária, que o camisa 29 finalizando para fora.

Depois, aos 18', Gustavo Scarpa, em chute de fora da área, obrigou o goleiro João Ricardo, do Ceará, espalmar para o lado.

O Ceará foi assustar aos 25 minutos da etapa final, após o meio-campista Erick fazer fila na defesa palmeirense, passando por Gómez, Danilo e Atuesta, até Weverton defender sua finalização.

O terceiro veio aos 40'. Em contra-ataque, Erick avançou e chutou forte. Weverton defendeu, mas, no rebote, Lucas Ribeiro fez o terceiro do Ceará: 3 a 1 no Allianz.

Ainda deu tempo do VAR (árbitro de vídeo) ser acionado. Após rever lance na área cearense, Caio Max Augusto Vieira considerou falta de Richardson em Veron. Pênalti que Gómez cobrou e diminuiu, já que Raphael Veiga não estava mais em campo. Final: 3 a 2 Ceará.

Próximos jogos

O Palmeiras agora se prepara para o segundo jogo da Libertadores, também no Allianz Parque. O adversário será o Independiente Petrolero (Bolívia), às 21h30, na próxima terça-feira (12).

Já o Ceará, também vira a chave. No mesmo dia, às 19h15, joga pela Sul-Americana. Depois de vencer o Independiente (Argentina) em casa, os cearenses viajam para enfrentar Deportivo La Guaira (Venezuela).

FICHA TÉCNICA
Palmeiras 2 x 3 Ceará
Local: Allianz Parque, São Paulo.
Data e hora: sábado (9/4), às 21h
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira
Auxiliares: Jean Márcio dos Santos e Lorival Candido das Flores
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro

Cartões amarelos: Jorge aos 19' 1º/T, Abel Ferreira (técnico) aos 35' 1º/T, Zé Rafael 31' 1º/T e Marcos Rocha aos 4' 2º/T (Palmeiras); Vina aos 25' 1º/T, Mendoza aos 27' 1º/T, Luiz Otávio aos 33' 1º/T, Richard aos 17' 2º/T, Erick aos 27' 2º/T, Geovane aos 36’ 2º/T, Rodrigo Lindoso aos 49’ 2º/T, Iury Castilho aos 53’ 2º/T, Nino Paraíba aos 55’ 2º/T e Vina aos 55’ 2º/T (Ceará)

Cartão vermelho: Vina aos 56’ 2º/T (Ceará)

Gols: Jorge (contra) aos 6' 1º/T, Mendoza aos 13' 1º/T  e Lucas Ribeiro aos 40’/2ºT (Ceará); Zé Rafael aos 21' 1º/T e Gustavo Gómes, de pênalti, aos 50'/2ºT (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez e Murilo; Jorge (Atuesta), Danilo, Zé Rafael (Navarro), Gustavo Scarpa e Raphael Veiga (Gabriel Veron); Rony e Dudu (Giovani). Técnico: Abel Ferreira.

CEARÁ: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio (Gabriel Lacerda) e Bruno Pacheco (Geovane); Lindoso, Richard Coelho (Lucas Ribeiro) e Fernando Sobral (Richardson); Mendoza, Lima (Erick) e Vina. Técnico: Dorival Júnior.

Série B de 2022 terá seis campeões do Brasileirão! Veja quais são

Últimas