Campeonato Paulista Torcedor fala em 'sonho' ao ver Água Santa: 'Considero campeão por chegarmos onde chegamos'

Torcedor fala em 'sonho' ao ver Água Santa: 'Considero campeão por chegarmos onde chegamos'

Matheus Souza acompanha o time desde a fundação e foi até a Arena Barueri assistir e torcer pelo Netuno na final

Torcedor do Água Santa na Arena Barueri

Torcedor do Água Santa na Arena Barueri

Reprodução

O Água Santa chegou a uma final de Campeonato Paulista pela primeira vez na história. O clube de Diadema irá enfrentar o Palmeiras na grande decisão, que acontece neste domingo (2), às 16h (de Brasília), na Arena Barueri.

“Um momento histórico para Diadema e para o Água Santa principalmente, uma sensação histórica que faltam palavras para descrever. É um sonho. Considero campeão por chegarmos onde chegamos, com todo respeito ao adversário”, comentou o torcedor do Netuno, Matheus Souza.

Na torcida da equipe de Diadema desde a sua fundação, o torcedor veio até a Arena Barueri para apoiar o time, que passou por grandes desafios até a decisão do Estadual. O Netuno venceu São Paulo e Bragantino no mata-mata, para chegar até a finalíssima.

“O Água Santa em todos os outros campeonatos brigou contra o rebaixamento até a última rodada, neste ano após o começo com três jogos e um ponto fiquei com receio. Mas confiava no trabalho do Carpini. Quando escapamos do rebaixamento comecei a sonhar com classificação, não imaginava que iríamos tão longe, mérito total desse elenco, da comissão e da diretoria”, seguiu o torcedor.

Fundado em 2013, o Água Santa é a sensação do Paulistão. Sob o comando de Tiago Carpini, a equipe conseguiu a vaga para a disputa da Série D do Brasileirão e também da Copa do Brasil. Por isso, o Netuno investiu em uma reforma em seu estádio para os jogos da temporada 2024.

“Foi um ano histórico. Por tudo que aconteceu e pelo legado que deixará, esse ano histórico vai proporcionar um investimento no nosso estádio, estava precisando. O Carpini é um técnico muito inteligente. Já tinha feito um bom trabalho no Guarani, na Inter e no Santo André. Merece o que vem acontecendo esse ano, fiquei feliz com a renovação até o fim de 2024”, completou Matheus Souza.

Palmeiras tem folha salarial 22 vezes maior que do Água Santa; entenda as duas realidades

Últimas