Campeonato Paulista No duelo dos técnicos portugueses, venceu o trabalho consolidado de Abel Ferreira

No duelo dos técnicos portugueses, venceu o trabalho consolidado de Abel Ferreira

Enquanto o palmeirense está no clube desde 2020, Vítor Pereira chegou ao Corinthians há duas semanas. A diferença é nítida

Abel Ferreira venceu o conterrâneo Vítor Pereira no duelo dos portugueses

Abel Ferreira venceu o conterrâneo Vítor Pereira no duelo dos portugueses

Edu Garcia/R7

Palmeiras e Corinthians fizeram nesta quinta-feira (17) mais um jogo que entra para a história do Derby paulista, e com um ingrediente diferente, à beira do campo: os treinadores. Num duelo que colocava frente a frente dois técnicos portugueses, quem se deu melhor foi o palmeirense. 

Abel Ferreira já está no comando do Verdão há quase um ano e meio. De lá para cá, além de empilhar taças e conquistas que o colocaram entre os maiores da história alviverde, Abel soube montar uma equipe capaz de atravessar qualquer cenário, por meio de muita organização, disciplina tática e ideias de jogo que anulam as armas ofensivas dos adversários.

Contra o Corinthians não foi diferente. Vítor Pereira parece ser o nome certo para comandar o agora estrelado elenco corinthiano, mas a verdade é que, nesta quinta-feira, venceu o trabalho que já está mais consolidado. Enquanto Abel Ferreira está no comando do Verdão desde outubro de 2020, Vítor Pereira chegou há duas semanas. E a diferença foi nítida no Allianz Parque.

Cada peça do esquema do Palmeiras sabe exatamente o que fazer quando está em campo. Os movimentos são coordenados, defesa, meio campo e ataque sempre em perfeita sintonia. Os planos de Abel para cada partida são seguidos a risca, e os resultados estão aí: duas Libertadores, Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e invencibilidade no Paulistão 2022. 

Bola na rede! Confira as maiores goleadas do Paulistão 2022

Últimas