Campeonato Paulista Leverkusen mira novo atacante e Palmeiras se anima por Alario

Leverkusen mira novo atacante e Palmeiras se anima por Alario

Diretor de futebol do Verdão, Anderson Barros pensa em proposta pelo centroavante argentino, caso Azmoun assine com os alemães

Argentino Lucas Alario em ação pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha

Argentino Lucas Alario em ação pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha

Divulgação/site do Bayer Leverkusen

O Palmeiras já não trabalha mais por um centroavante para o Mundial de Clubes. Com o prazo para o envio da lista final dos 23 jogadores que vão para o torneio da Fifa se encerrando na próxima segunda-feira (24), a ideia é buscar o “camisa 9“ pedido pelo técnico Abel Ferreira para a sequência da temporada. 

E o recente avanço do Bayer Leverkusen, da Alemanha, na busca de uma reposição para o argentino Lucas Alario, animou a diretoria alviverde.

A equipe alemã já deixou claro que não faz negócio sem ter uma peça para substituir o atacante de 29 anos. Mas isso pode ocorrer nos próximos dias, já que o nome da vez na Alemanha é o iraniano Sardar Azmoun, antigo desejo do Leverkusen.

Nesta quarta-feira (19), o jogador do Zenit, da Rússia, começou a seguir os alemães em uma rede social, aumentando as especulações sobre a provável transferência. Além disso, o clube russo já acena com uma negociação pelo atacante Yuri Alberto, do Internacional, para suprir a ausência do iraniano no elenco.

O Zenit entrou em campo nesta quarta para um amistoso em Dubai e venceu por 3 a 0 o Emirates Club. Azmoun não foi relacionado pelo técnico Sergey Semak, segundo o clube, por ainda estar em processo de recuperação física.

Em meio a isso tudo, o diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, trabalha nos bastidores para que, caso Azmoun feche com o Leverkusen, o clube paulista envie, de imediato, uma nova proposta para contar com Alario.

O Verdão negocia a chegada do argentino há uma semana. Tentou empréstimo gratuito arcando com salários até a compensação financeira com vencimentos pagos pelo time brasileiro e opção de compra ao fim do contrato em dezembro de 2022. Mas toda negociação dependia de uma reposição para o jogador no Leverkusen, que parece estar encaminhada.

Com aval da presidente Leila Pereira e participação do vice, Paulo Buosi, Anderson Barros ainda estuda qual negócio vai propor pelo atacante que já aceitou atuar no atual bicampeão da Libertadores. A ideia de Alario é ser protagonista no ataque e ter mais minutos em campo para poder continuar sonhando em jogar a Copa do Mundo pela Argentina.

Na convocação desta quarta-feira para os jogos das Eliminatórias, o centroavante não foi lembrado pelo técnico Lionel Scaloni que resolveu fazer alguns testes na seleção albiceleste. Já classificados para o Mundial, os argentinos encaram Chile e Colômbia. 

Praia de paulista: Pacaembu se mantém vivo apesar das obras

Últimas