Campeonato Paulista Expulsão de Pablo Maia pode abrir espaço para Gabriel no São Paulo

Expulsão de Pablo Maia pode abrir espaço para Gabriel no São Paulo

Uruguaio ainda não foi relacionado devido ao limite de estrangeiros, mas pode estar à disposição contra o Palmeiras

Rogério Ceni em partida diante da Ferroviária

Rogério Ceni em partida diante da Ferroviária

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Pablo Maia, do São Paulo, não poderá jogar diante do Palmeiras no próximo domingo (22). O jogador foi expulso na partida contra a Ferroviária e precisará cumprir suspensão. Com isso, Gabriel Neves, que ainda não foi relacionado para nenhuma partida neste ano pode surgir como opção.

O uruguaio ainda não esteve presente em nenhuma partida da temporada, segundo Ceni devido ao limite de estrangeiros do elenco. No entanto, com o rodízio feito, apenas o uruguaio ainda não teve oportunidade.

Na última temporada, Gabriel disputou 29 partidas e foi uma peça bastante importante em determinado momento do ano. No entanto, algumas lesões acabaram atrapalhando a sequência do jogador.

“Não sei o investimento no Neves. Ele é um ótimo jogador, ajudou a gente muito no ano passado. Começou quando teve oportunidade e jogou bem, fechou o ano lesionado. Quando voltou, um pouco fora de ritmo. Neste ano está readquirindo sua condição. O que faz com que ele não seja relacionado é ter oito estrangeiros”, explicou Ceni após a vitória contra a Ferroviária.

“Não tem nada pessoal, gosto muito do Neves, lamento não tê-lo na relação. Pode acontecer outras vezes, porque infelizmente aconteceu isso quando cheguei (oito estrangeiros). Temos Ferraresi que fica até o meio do ano, a volta do Orejuela não era prevista, então aumentou de novo. No meio, onde mais tenho jogadores, principalmente para fazer o volante, prefiro não gastar um estrangeiro no meio e trazer o Luan”, seguiu o treinador.

Além do uruguaio, Luan e Jhegson Méndez também surgem como opção para a posição deixada por Pablo Maia. Inclusive, o equatoriano fez uma excelente estreia diante da Ferroviária e foi considerado o melhor jogador da partida.

Nas redes sociais, Pablo Maia se desculpou com a torcida pela expulsão: ‘Vocês foram verdadeiros guerreiros, buscaram uma virada com 1 menos! Peço desculpas pelo erro que quase nos prejudicou no placar final, mas isso é São Paulo. Jogar um pelo outro! Seguimos”, explicou o atleta.

Daniel Alves não é o primeiro: relembre jogadores envolvidos em acusações de violência sexual

Últimas