Campeonato Paulista Em jogo cheio de gols, São Paulo é derrotado pelo RB Bragantino

Em jogo cheio de gols, São Paulo é derrotado pelo RB Bragantino

Com a derrota, o Tricolor Paulista soma apenas um dos nove pontos que poderia ter conquistado no Campeonato

Fora de casa na noite desta quinta-feira (3), o São Paulo foi derrotado para o RB Bragantino por 4 a 3, em duelo válido pela terceira rodada do Paulistão 2022. A partida mais maluca do campeonato foi repleto de emoções, já que as equipes balançaram as redes sete vezes no total, com gols de Artur, Alerrandro, Hyoran e Gabriel Novaes para o Toro Loko, e Alisson, Igor Vinícius e Calleri para o Tricolor.

Com o resultado, o time do Morumbi chega segue com apenas um ponto e se mantém na terceira posição na tabela de classificação do Grupo B. Completam a chave São Bernardo, Ferroviária e Novorizontino.

Já o RB Bragantino chega aos seis pontos, e assume a liderança do Grupo D, que conta ainda com Santos, Ponte Preta e Santo André.

Jogadores do Bragantino comemoram gol sobre o São Paulo

Jogadores do Bragantino comemoram gol sobre o São Paulo

Ari Ferreira/Divulgação/RB Bragantino

O jogo

O primeiro tempo começou bastante equilibrado entre as equipes que iam se estudando e buscando um erro do adversário para abrir o placar. O RB Bragantino ia tentando criar chances de contra-ataque, mas parava na marcação do São Paulo. Apesar disso, aos 11 minutos de jogo, o São Paulo falhou na saída de bola. Miranda tentou passe pela esquerda, mas acabou sendo travado por Artur. O atacante do Massa Bruta se aproveitou do erro, invadiu a área e mandou para o fundo das redes sem chances para Tiago Volpi.

O Tricolor Paulista não se abateu e seguiu em cima pressionando o adversário. Aos 18’ a primeira grande chance do São Paulo. Rigoni subiu após um belíssimo cruzamento e cabeceou, a bola foi forte em direção ao gol, mas Cleiton defendeu bem. Quatro minutos depois, Alisson aproveitou desvio após cobrança de escanteio e apenas empurrou a bola para o fundo das redes, marcando seu primeiro gol com a camisa do Tricolor. Em primeiro momento, o bandeirinha marcou impedimento, mas o VAR foi checado e voltou atrás na decisão, validando o gol.

Aos 40’, o Braga ainda encontrou um segundo gol, após Hyoran cabecear para trás e encontrar Alerrandro na entrada da grande área. O jogador dominou e bateu de primeira, sem chances para o arqueiro do Tricolor

Já a segunda etapa começou com mudanças feitas por Rogério Ceni. Talles foi substituído por Igor Gomes e demonstrou bastante diferença da primeira etapa. Passando a atacar mais, logo no primeiro minuto, Igor Vinícius empatou a partida para o Tricolor. Rigoni finalizou, Cleiton defendeu e a bola sobrou para o lateral, que de carrinho empurrou para as redes.

O empate empolgou a equipe da capital paulista, que passou a atacar e buscar a virada. Não demorou muito e Rigoni encontrou Calleri na área. O camisa 9 cabeceou e não deu chances para Cleiton defender. Era a virada do Tricolor Paulista.

Ainda que o São Paulo se mantivesse no ataque e criando inúmeras opções, foi o RB Bragantino que ampliou o placar e deixou tudo igual. Hyoran limpou e mandou um belíssimo chute acertando em cheio a meta de Tiago Volpi. O Massa Bruta empatava o placar.

A partida deu uma equilibrada. O São Paulo evitava ataques que deixassem a equipe exposta, o Massa Bruta também, o que acabou esfriando o placar.

Nos minutos finais, Gabriel Novaes, recebeu cruzamento de Hyoran na medida e finalizou de primeira para ampliar e fechar o placar em 4 a 3.

Próximos jogos

O próximo compromisso da equipe comandada por Rogério Ceni será na quarta-feira (9), contra o Santo André, no estádio do Morumbi.

Já o RB Bragantino viaja até Araraquara, onde enfrenta a Ferroviária no próximo domingo (6)

Ficha técnica

Local: Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista
Data/Horário: 03/2/2022 (quinta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Daniel Luis Marques e Bruno Silva de Jesus
VAR: Douglas Marques das Flores

Cartões amarelos: 31’/1T - Praxedes; 37’/1T - Igor Vínicius; 10’/2T - Tiago Volpi

Gols: Artur - 11’/1T; Alisson - 24’/1T; Alerrandro - 40’/1T; Igor Vinícius - 01’/2T; Calleri - 07’/2T; Hyoran - 17’/2T; Gabriel Neves - 41’/2T

RB Bragantino: Cleiton; Aderlan (Hurtado), Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Luan Cândido; Eric Ramires, Hyoran (Bruno Tubarão) e Praxedes (Luciano); Helinho (Sorriso), Alerrandro (Gabriel Novaes) e Artur. Técnico: Maurício Barbieri

São Paulo: Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Miranda e Reinaldo; Rodrigo Nestor, Gabriel Sara, Talles (Igor Gomes) (Gabriel)  e Alisson (Marquinhos); Rigoni (Nikão) e Calleri (Eder). Técnico: Rogério Ceni

Quem veste a faixa? Conheça os capitães dos times no Paulistão

Últimas