Campeonato Paulista Em jogaço de oito gols, Palmeiras e Ferroviária empatam na semifinal do Paulista Feminino

Em jogaço de oito gols, Palmeiras e Ferroviária empatam na semifinal do Paulista Feminino

Ferroviária buscou empate incrível na segunda etapa e equipes ficaram no 4 a 4 na Fonte Luminosa

Palmeiras teve a vitória na mão

Palmeiras teve a vitória na mão

Celio Messias/Ag. Paulistão/Centauro

Que começo de semifinal do Campeonato Paulista Feminino de 2022. Palmeiras e Ferroviária ficaram no empate em 4 a 4 na Fonte Luminosa em um jogo fantástico.

Ary Borges, duas vezes, Andressinha e Bia Zaneratto marcaram para o Palmeiras. Ingryd, Rafa Mineira e Laryh, duas vezes, fizeram para a Ferroviária.

Aos 25 minutos, Bia Zaneratto fez uma linda jogada e deixou Ary Borges na boa. A jogadora do Verdão bateu na saída da goleira e abriu o placar. Foi o 8º gol de Ary no Paulistão.

Três minutos depois saiu mais um do Palmeiras. E um golaço! Andressinha recebeu na entrada da área e, com maestria, colocou a bola na gaveta - 2 a 0. O tento foi o 2º da atacante na competição.

Quando tudo encaminhava para o intervalo, Ingryd fez um golaço. A jogadora da Ferroviária percebeu a goleiro adianta e bateu de muito longe - 2 a 1. Nem deu tempo para comemorar. Um minuto depois, Bia Zaneratto ganhou da defesa e bateu no cantinho para fazer 3 a 1 para o Palmeiras. Ela chegou a 21 gols na temporada e se tornou a maior artilheira em um só ano na história do futebol feminino palmeirense.

O segundo tempo começou com o Palmeiras bem de novo. Aos oito minutos, Ary Borges subiu mais que a defesa da Ferroviária, cabeceou e, no rebote, marcou - 4 a 1. Quatro minutos depois, gol da Ferroviária. Rafa Mineira acertou um chute lindo e descontou - 4 a 2.

Aos 25', Laryh fez mais um da Ferroviária - 4 a 3. O empate improvável aconteceu! Aos 33', Laryh mais uma vez, aproveitou o escanteio na área e balançou as redes. A partida terminou assim. O duelo da volta acontece na segunda-feira (12), também às 21h30 (de Brasília).

Dança, recado, zoeira: como as seleções comemoraram as vagas nas quartas

Últimas