Campeonato Paulista 'Corneteiro' do Bragantino faz sucesso provocando jogadores e treinadores rivais

'Corneteiro' do Bragantino faz sucesso provocando jogadores e treinadores rivais

Eric viralizou com vídeos em que fica atrás do banco de reservas do estádio em Bragança Paulista; Lázaro e Ceni já sofreram com ele

Resumindo a Notícia
  • 'Eric Corneta' viraliza nas redes sociais com vídeos em que provoca rivais no estádio

  • Fernando Lázaro, Rogério Ceni, jogadores e árbitros não escaparam das brincadeiras

  • 'Eu me considero parte do time. A minha função é perturbar o treinador', brinca o torcedor

Eric é torcedor fanático do Red Bull Bragantino, do interior de São Paulo

Eric é torcedor fanático do Red Bull Bragantino, do interior de São Paulo

Montagem R7

Torcedor fanático do Red Bull Bragantino, Eric Moura se considera o “maior corneta do Brasil”.

Talvez você não o conheça de nome, mas já deve ter visto algum vídeo dele nas redes sociais, gravados das arquibancadas do estádio Nabi Abi Chedid, no interior paulista. Aos gritos, ele provoca treinadores e jogadores rivais.

Ao todo, Eric tem quase 150 mil seguidores e passa dos 60 milhões de visualizações nas plataformas em que publica seus vídeos.

Em conversa com o R7, o “corneta” conta que já discutiu com treinadores à beira do campo, e que até mesmo o CEO do Red Bull Bragantino, Thiago Scuro, aprova as brincadeiras.

“Eu me considero um membro do time, viu? Eu acho que cornetar, ficar em cima do treinador, você acaba tirando a concentração dele, ele acaba perdendo a linha, e tem treinadores que esquecem do time, fica debatendo com a gente, como o Mano Menezes, já tive o Geninho uma vez também”, conta.

“Então eu me considero parte do time, entendeu? Cada um com a sua função. A minha é perturbar o treinador”, completa o bem-humorado torcedor.

Logo na primeira publicação, em outubro de 2021, em que ele brinca com a equipe de arbitragem que estava próxima da cabine do VAR e diz que o Pix “já estava depositado, e que ele só tinha que fazer a parte dele”, enquanto o árbitro olha para ele, com sinal de reprovação, viralizou, passando dos 4 milhões de visualizações, e centenas de milhares de curtidas.

O assessor especial de departamento de 29 anos, que mora em Bragança Paulista, é torcedor do Bragantino antes mesmo de a gigantesca empresa de energéticos fazer acordo para se fundir com o tradicional clube interiorano.

Eric conta que frequenta o estádio desde 2009 e que desde então perdeu pouquíssimos jogos dentro de casa. Ele considera que, junto com seu grupo de amigos, é um dos “mais raízes” torcedores do Braga.

“Já cheguei a frequentar jogo ali com 16, 25 torcedores, faça sol ou chuva, então, sou conhecido no estádio também, o clube me conhece lá não só pelos vídeos, mas pelo tempo de Bragantino, e agora com essa fusão da Red Bull, a nova diretoria também já me conhece”, revela.

Treinadores e jogadores sofrem na mão do corneteiro

Na vitória do Massa Bruta contra o São Paulo, neste Campeonato Paulista, Rogério Ceni não escapou das provocações do torcedor.

“Rogério, você passa essa vergonha no crédito ou no débito, fala pra mim?” esbravejava Eric, enquanto o treinador são-paulino observava o jogo.

Fernando Lázaro, logo na primeira partida dele como treinador do Corinthians, foi mais um que teve que ouvir as “gracinhas” do rival.

“Ô Lazaro, agora eu entendi por que o Vítor Pereira foi embora. Com esse time que vocês têm, pelo amor de Deus, nem se pagasse o dobro”, brincou Eric.

“Na verdade, eles não conseguem ficar sem responder. É muito próximo do campo onde a gente fica, muito próximo deles, então a gente fica praticamente na orelha dos treinadores mesmo”, explica o torcedor sobre a tática para falar com os membros das equipes adversárias.

Mancini “vingou” os treinadores

Em jogo pelo Campeonato Brasileiro no ano passado, o técnico do América-MG, Vágner Mancini, entrou na brincadeira, e quando questionado pelo torcedor sobre o porquê de os goleiros da equipe mineira estarem acima do peso, Mancini retrucou. “Estão iguais a vocês”, enquanto o próprio torcedor caiu na risada.

Aficionado pelo Bragantino, Eric comemora o sucesso dos vídeos, que chegam aos vestiários do seu time de coração, sendo elogiado por Thiago Scuro, executivo à frente do Red Bull, que afirma que ele “leva o nome da equipe para a frente”.

“Fico feliz de ver os comentários, tem pessoas que aguardam a gente postar o vídeo. Tem uns que falam estar com medo do time deles jogar em Bragança Paulista, porque vou ficar na orelha deles. Assim, vai dando motivação para a gente gravar mais vídeo. Vou gravando e vou soltando, uma coisa meio orgânica mesmo bem. Acho que isso também faz toda a diferença”, completa Eric, que promete seguir infernizando a vida dos rivais, esperando dias melhores para o seu clube de coração.

Líder geral do Paulistão, Palmeiras não tem artilheiros no top 10; veja os goleadores

Últimas