Campeonato Carioca Gol é com eles: Final do Cariocão opõe artilheiros Gabigol e Fred

Gol é com eles: Final do Cariocão opõe artilheiros Gabigol e Fred

Camisas 9 são as grandes esperanças de Flamengo e Fluminense na decisão deste sábado (22). Duelo terá transmissão da Record TV

Fred e Gabigol farão o grande duelo da final deste sábado

Fred e Gabigol farão o grande duelo da final deste sábado

NAYRA HALM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO 15.05.21

Uma final entre Flamengo e Fluminense já é algo que chama atenção dos amantes de futebol. Ainda mais, se os rivais têm em seus ataques dois goleadores: Gabigol e Fred, ídolos de Fla e Flu e que darão um tempero especial para a decisão deste sábado (22), 21h05, com transmissão da Record TV para todo o Brasil.

No confronto de ida, apenas o atacante rubro-negro marcou. Do ponto de vista individual, aliás, Gabigol vive o melhor início de temporada na sua carreira. Em 13 partidas disputadas até o momento, o atacante balançou as redes 13 vezes e passou em branco em apenas quatro duelos. Além disso, quebrou recordes importantes e se tornou recentemente o maior goleador do Flamengo no século e na história da Libertadores, ao superar Zico.

Arte/R7

Mais do que os gols e as marcas alcançadas, Gabi segue sendo a maior referência no ataque rubro-negro, principalmente com a irregularidade de Bruno Henrique e Everton Ribeiro. Apesar de jogar centralizado, ele tem liberdade para se movimentar e é essencial para o esquema de Ceni ao criar espaços no último terço do campo. A importância do camisa 9 tem, inclusive, respaldo nos números: ele é o atleta com mais minutos em campo na temporada (1.163).

Atual artilheiro do Cariocão, Gabigol tem uma missão bastante difícil para repetir o feito: atualmente com 6 gols no torneio, ele precisa de 3 na decisão contra o Fluminense para empatar com Alef Manga, que brilhou pelo Volta Redonda no torneio.

Se o camisa 9 é a grande esperança de gols do Fla, o mesmo é aplicado para o Flu. Um dos grandes ídolos da história e segundo maior artilheiro do clube, Fred, mesmo aos 37 anos, renasceu na equipe de Roger Machado e vem batendo recordes atrás de recordes.

Se na última temporada, a primeira dele após o retorno ao clube, os gols foram poucos, em 2021 ele voltou à ativa e coleciona números importantes. Pelo Tricolor, já são 9 gols em 11 jogos. Nos últimos meses, o atacante já se tornou o terceiro jogador brasileiro com mais gols na Libertadores (22), o segundo maior artilheiro da história do Flu (185), além de ter alcançado o gol 400 na carreira - atualmente já são 404.

Porém, mais que os números expressivos, a identificação do jogador com o clube foi talvez o principal fator desta histórica simbiose. Com 326 partidas, dois títulos brasileiros e um estadual conquistados pelo Flu, Fred é a grande inspiração para os jovens, que cada vez mais ganham espaço entre os titulares.

Diferente dos rubro-negros, que ainda devem contar com os gols de Gabi por um bom tempo, a torcida tricolor precisa desfrutar os últimos momentos de Fred, que tem contrato até 21 de julho de 2022, data dos 120 anos do clube das Laranjeiras, quando o centroavante já disse que quer se aposentar.

Reforços baratos e jovens do Flu contrastam com estrelas do Fla

Últimas