Futebol Bruno Henrique apresenta CNH não cadastrada em blitz da Lei Seca

Bruno Henrique apresenta CNH não cadastrada em blitz da Lei Seca

Registro do documento não foi encontrado nas bases de dados do Detran-RJ e do Infoseg; Polícia Civil vai periciar carteira para saber se é falsa

  • Futebol | Do R7, com Record TV Rio

Jogador foi parado em blitz da Lei Seca no Rio

Jogador foi parado em blitz da Lei Seca no Rio

MARCELO CORTES / FLAMENGO

O jogador do Flamengo Bruno Henrique foi parado em uma blitz da Lei Seca na madrugada deste sábado (29) e apresentou uma CNH que não foi localizada na base de dados do Detran-RJ.

Segundo informações da assessoria da Operação Lei Seca, ele foi abordado na avenida Lúcio Costa com a avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, e não quis fazer o teste do bafômetro. Ao apresentar o documento, os agentes não localizaram o cadastro.

Ainda de acordo com a Lei Seca, Bruno Henrique foi multado por se recusar a fazer o teste e por dirigir sem habilitação. Em seguida ele foi encaminhado à 16ª DP (Barra da Tijuca) para prestar esclarecimentos.

A Polícia Civil informou que instaurou um inquérito para apurar se o documento é falso. Em consulta ao Infoseg – banco nacional de dados de segurança –, a habilitação não foi encontrada mais uma vez.

Bruno Henrique foi ouvido na unidade e a carteira apreendida e encaminhada para perícia. Caso seja comprovada a falsidade do documento, ele pode ser indiciado por uso de documento falso, crime com pena prevista de até seis anos de prisão.

Procurada pela Record TV Rio, a assessoria do jogador disse que o vice-presidente de Futebol do Flamengo, Marcos Braz, vai falar sobre o caso hoje no Maracanã, após a partida contra o Cabofriense pela Taça Rio.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Últimas