Futebol Boca vence Inter nos pênaltis e avança às quartas da Libertadores

Boca vence Inter nos pênaltis e avança às quartas da Libertadores

Time gaúcho fez 1 a 0 no tempo normal e levou decisão para penalidades na Bombonera; Rodrigo Lindoso e Peglow desperdiçaram suas cobranças

  • Futebol | Do R7

Peglow desperdiçou a última cobrança na derrota do Inter para o Boca Juniors

Peglow desperdiçou a última cobrança na derrota do Inter para o Boca Juniors

Agustin Marcarian/Reuters - 9/12/2020.JPG

O Boca Juniors é o último classificado às quartas de final da Copa Libertadores. O time perdeu por 1 a 0 para o Internacional, mas levou a melhor na decisão por pênaltis (5 a 4), na noite desta quarta-feira (9), na Bombonera, em Buenos Aires. A equipe agora enfrentará o Racing na sequência da competição continental. 

Rodrigo Lindoso e Peglow desperdiçaram suas cobranças na decisão por pênaltis. Cardona havia parado nas mãos de Marcelo Lomba.

A primeira partida do duelo chegou a ser adiada devido a morte de Diego Armando Maradona, ídolo do Boca. Disputada na semana seguinte, no Beira-Rio, o time argentino levou a melhor por 1 a 0. O Racing, que já havia despachado o Flamengo, ficou esperando o adversário.

Em uma partida madura taticamente, a equipe do técnico Abel Braga contou com uma ajuda do adversário para abrir o placar. O lateral-esquerdo Fabra se atrapalhou para cortar um cruzamento e mandou contra o gol de Andrada, logo aos 2 minutos do segundo tempo.

Quando a partida já se encaminhava para os pênaltis, o Inter se lançou ao ataque e só foi parado com falta violenta de Obando em Edenílson. O meia-atacante foi expulso aos 46 minutos do segundo tempo. O duelo então foi para os pênaltis.

Eliminado da Libertadores e de volta ao Brasileirão, o Internacional enfrenta o Botafogo no sábado, no Beira-Rio, pela 25ª rodada.

BOCA JUNIORS (5) 0 x 1 (4) INTERNACIONAL
Local: La Bombonera, Buenos Aires (ARG)
Data-Hora: 09/12/2020 – 21h30
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Auxiliares: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Cartões amarelos: (BOC), D’Alessandro, Moisés, Abel Braga (INT)
Cartões vermelhos: Obando (BOC)
Gols: Fabra (contra - 2’/2ºT)

BOCA JUNIORS: Andrada; Buffarini (Jara, aos 14/2ºT), Lisandro López, Izquierdoz e Fabra; Capaldo, Campuzano, Cardona e Salvio; Villa (Obando, aos 14/2ºT) e Tevez. Técnico: Miguel Ángel Russo.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Moisés; Edenilson, Rodrigo Lindoso, Praxedes (Rodrigo Dourado, aos 35/2ºT) e Patrick (Leandro Fernández, aos 49/2ºT); Marcos Guilherme (Yuri Alberto, aos 22/2ºT) e Thiago Galhardo (Peglow, aos 35/2ºT). Técnico: Abel Braga.

Pai Neymar continua on! Conheça os 16 classificados na Champions

Últimas