Apresentado no Everton, Ancelotti diz que objetivo é ir à Liga dos Campeões

O técnico italiano Carlo Ancelotti foi apresentado nesta segunda-feira no Everton, da Inglaterra. Ambicioso, o experiente e vitorioso treinador explicou os motivos que o levaram a aceitar a proposta e disse que o objetivo do clube inglês é conquistar uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

"O objetivo a longo prazo é ser competitivo no Campeonato Inglês, mas o objetivo do clube deve ser ir à Liga dos Campeões. Ainda que nosso desafio imediato seja jogar um futebol melhor", disse Ancelotti, em sua apresentação como novo técnico do Everton. Ele explicou o que fez dizer sim à proposta que recebeu para voltar ao futebol inglês depois de quase uma década - treinou o Chelsea de 2009 a 2011.

"Os grandes fatores foram a ambição, a história e a tradição do clube, além da atmosfera criada pelos torcedores", pontuou o treinador. Além disso, nós queremos melhorar, sermos um time melhor e competir, e essas foram as razões que fizeram decidir vir para cá", completou.

Ancelotti assinou contrato de quatro anos, com duração até o final da temporada 2023/2024. Ele chega para assumir o lugar do português Marco Silva, dispensado há duas semanas depois de fracassar na tentativa de tirar o time inglês da crise.

O desafio do italiano é difícil, uma vez que equipe de Liverpool venceu apenas um dos últimos seis jogos e está perto da zona de rebaixamento. Ocupa a 15ª colocação e não consegue deslanchar nesta temporada.

"Assumo o desafio com compromisso e emoção. Os resultados não chegarão da noite para o dia. Temos que ter paciência e ideias claras. Estou seguro de que vamos melhorar", declarou Ancelotti, que ostenta três troféus da Liga dos Campeões da Europa - foi campeão pelo Milan, em 2003 e 2007, e pelo Real Madrid, em 2014.

Além disso, o comandante italiano também conquistou títulos importantes à frente de Chelsea e Paris Saint-Germain e tem outras passagem em grandes clubes, como Bayern de Munique e Juventus. Sua última agremiação foi o Napoli, do qual foi dispensado há duas semanas.

Ancelotti comandou o primeiro treino neste domingo e sua estreia será na quinta-feira, contra o Burnley, pela 19ª rodada do Campeonato Inglês. Sobre reforços, ele descartou que pediu a contratação do sueco Zlatan Ibrahimovic, que está sem clube, e foi treinado pelo italiano quando os dois estavam no PSG.

"É um bom amigo meu. Já treinei muitos jogadores fantásticos. Ibrahimovic terminou sua passagem na Inglaterra quando deixou o Manchester United. Não sei o que pensa em fazer. Vou chamá-lo para vir a Liverpool para curtir, não para jogar", afirmou.