Adeus ao Rei do Futebol

Futebol 'Amor, amor e amor, para sempre', diz perfil de Pelé nas redes sociais

'Amor, amor e amor, para sempre', diz perfil de Pelé nas redes sociais

O Rei do Futebol morreu nesta quinta-feira (29), aos 82 anos, em São Paulo 

  • Futebol | Do R7

Perfis de Pelé publicaram mensagem de despedida

Perfis de Pelé publicaram mensagem de despedida

Reprodução/Instagram

Os perfis oficiais de Pelé no Instagram e no Twitter publicaram nesta quinta-feira (29) uma mensagem de despedida ao Rei do Futebol, que morreu, aos 82 anos, após ter ficado cerca de um mês internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

"A inspiração e o amor marcaram a jornada de Rei Pelé, que pacificamente faleceu no dia de hoje. Em sua jornada, Edson encantou todos com sua genialidade no esporte, parou uma guerra, fez obras sociais no mundo inteiro e espalhou o que mais acreditava ser a cura para todos os nossos problemas: o amor.

A sua mensagem em vida se transforma em legado para as futuras gerações. Amor, amor e amor, para sempre", disseram os perfis nas redes sociais, em português e inglês.

Pelé morreu por falência múltipla dos órgãos. O ex-jogador vinha sofrendo com sucessivos problemas de saúde e, no início de setembro de 2021, teve descoberto um tumor no intestino. A morte foi confirmada por Kely Nascimento, a filha mais velha do Rei, e pelo Hospital Israelita Albert Einstein, pouco tempo depois.

Reverenciado no mundo inteiro, Pelé deixa números que ficaram para sempre na história do futebol. Tido por muitos até hoje como o maior jogador de todos os tempos, o Atleta do Século foi tricampeão do mundo com a seleção brasileira (1958, 1962 e 1970) e bicampeão do Mundial Interclubes com o Santos (1962 e 1963), tendo marcado 1.281 gols em 1.363 partidas, segundo os números da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol, na sigla em inglês).

Além da camisa da seleção brasileira (1957 a 1971), que ajudou a tornar icônico o número 10, Pelé também defendeu as cores do Santos (1956 a 1974) e do New York Cosmos (1975 a 1977).

Pelé deixa a mulher, Márcia Aoki, os filhos Kely Cristina, Jennifer e Edinho (frutos do relacionamento com Rosemeri dos Reis Cholbi), Joshua e Celeste (do relacionamento com Assíria Seixas Lemos) e Flávia Kurtz (de um caso extraconjugal). Sandra Regina Machado (também filha de um caso extraconjugal) morreu em 2006, dez anos depois de ter reconhecida a paternidade.

Últimas