Futebol Algoz do Brasil na Copa de 82, Paolo Rossi é homenageado pela Fifa

Algoz do Brasil na Copa de 82, Paolo Rossi é homenageado pela Fifa

Viúva e atletas que participaram da conquista do título da Itália estiveram na cerimônia de um ano da morte do lendário jogador

  • Futebol | Do R7

Paolo Rossi, algoz do Brasil na Copa de 82, ganha homenagem da Fifa

Paolo Rossi, algoz do Brasil na Copa de 82, ganha homenagem da Fifa

Reprodução/Arquivo pessoal

Campeão do mundo e algoz do Brasil na Copa da Espanha, em 1982, Paolo Rossi ganhou homenagens da Fifa nesta quinta-feira (9). Um ano após a morte do jogador, a entidade fez uma cerimônia que contou com a presença de Federica Rossi, viúva de Paolo Rossi. Atletas que participaram da campanha vitoriosa da Itália no Mundial de 82 também compareceram ao evento. 

Paolo Rossi conquistou a glória ao marcar seis gols naquele torneio, com direito a um hat-trick (três gols em uma mesma partida) contra o Brasil de Zico, Sócrates, Falcão e tantos outros craques comandados por Telê Santana.

Rossi marcou o primeiro gol da vitória de 3 a 1 dos italianos na final, contra a Alemanha Ocidental, e levantou o troféu mais cobiçado do futebol mundial. 

"Para mim, Paolo é um italiano que teve o maior impacto no sentimento de orgulho nacional de seus compatriotas. Por meio de seu sorriso e seu jeito simples de ser, ele sempre foi capaz de se comunicar até mesmo com aqueles que não o conheciam. Como eu disse a Federica, ele é um irmão, alguém que faria parte da sua vida mesmo que você não o conhecesse", disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Durante o evento, no Museu da Fifa, Infantino e Federica trocaram presentes e compartilharam lembranças do grande homem que foi Paolo Rossi. Em 2023, o lendário jogador será eternizado em uma exibição no museu, chamada Un Ragazzo d'Oro (um menino de ouro). 

Paolo Rossi morreu em 9 de dezembro de 2020, vítima de um câncer no pulmão.

Douglas Costa foi de ídolo que voltou a protagonista da queda

Últimas