Futebol Abel reforça que o futuro do Palmeiras são as Crias da Academia

Abel reforça que o futuro do Palmeiras são as Crias da Academia

Técnico exaltou trabalho de formação de atletas do Verdão e citou reforços pontuais; português exige trabalho jogo a jogo por título

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Abel Ferreira orienta o Palmeiras durante a vitória sobre o Avaí no Brasileirão no Allianz Parque

Abel Ferreira orienta o Palmeiras durante a vitória sobre o Avaí no Brasileirão no Allianz Parque

CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS (22.10.2022)

O Palmeiras aumentou ainda mais a chance de título do Brasileirão, com a vitória sobre o Avaí, por 3 a 0, pela 33ª rodada. Abel Ferreira tratou de afirmar que as categorias de base são o futuro do clube e que o time buscará reforços pontuais para 2023.

"Vamos valorizar o que está sendo feito, vamos valorizar a Academia. Nos criticam que não utilizamos a Academia, o que é falso, mentira. Vamos fazer poucas mexidas, para não dizer nenhuma, porque valorizamos o trabalho que é feito no clube, não só pelo treinador, mas por todos. Esse é o futuro do clube" ressaltou o treinador na coletiva de imprensa pós-jogo.

"Os moleques são o futuro do clube. Ouço o ruído, sobretudo na internet, de que temos de contratar e, na verdade, não temos que contratar ninguém. Ouço que o Palmeiras procura um guarda-redes, e o Palmeiras não procura nenhum. O Palmeiras tem três guarda-redes tops, e quem diz isso [que está buscando goleiro] é mentiroso. Desde já vos digo que se contratarmos, veja bem, se contratarmos, vamos trazer um ou dois [reforços]" completou Abel Ferreira.

O português, também, comentou sobre as dificuldades encontradas no Campeonato Brasileiro, no decorrer da cometição, entre lesões e a força dos clubes que disputam comparada às estrangeiras.

"Basta vocês [jornalistas] verem os resultados rodada a rodada e ver quantas equipes investem para chegar e competir. Se vocês olharem para os primeiros quatro ou cinco, vão ver que estão todos juntos. Em Portugal são dois, três que lutam pelo título. Na França, tem apenas um, na Inglaterra são dois ou três, e aqui são seis ou sete. E sem contar alguns que estão na Série B, mas já brigaram e têm muita história. Falo de Grêmio, Cruzeiro, Bahia, Vasco. Há um desgaste muito grande, gramados completamente diferentes, alguns em más condições, e há interferência no jogo. Se não é o mais, é um dos mais competitivos do mundo, não tenho dúvida alguma disso", analisou o treinador.

Por fim, Abel comentou sobre o Verdão liderar com 71 pontos e ter uma vantagem de 11 pontos sobre o segundo colocado, faltando cinco rodadas para o término do torneio.

"Temos que continuar a fazer o nosso caminho e fazer jogos consistentes. Vou dizer aos meus jogadores para não escutar vossas perguntas, não escutar vossas cantigas e continuarem a focar no que fazer diariamente, porque é isso que eles controlam. É um jogo de cada vez, não vou fugir da pergunta, mas os que estão atrás também querem (o título) e temos que fazer bem o nosso trabalho", concluiu.

'Irmão secreto de Haaland' viraliza nas redes sociais com imitações do astro do Manchester City

Últimas