Futebol na Inglaterra amplia suspensão até 30 de abril por conta do coronavírus

A paralisação do futebol na Inglaterra por conta da pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19, vai durar mais tempo que o previsto inicialmente pelos dirigentes. Nesta quinta-feira, a Associação de futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês), juntamente com representantes das ligas nacionais do país, se reuniram por videoconferência e decidiram aumentar o período de pausa por mais quase um mês. O prazo de retorno, que era 4 de abril, foi estendido para o dia 30.

A Premier League, que organiza a elite do Campeonato Inglês, divulgou um comunicado em conjunto com as outras ligas indicando que "a evolução do combate ao coronavírus é incerta no momento. Portanto, devemos manter como prioridade o bem estar de jogadores, membros de equipe e torcedores".

A nota oficial cita ainda que os tempos atuais são "sem precedentes" e diz que as ligas pretendem encontrar maneiras de retomar a temporada 2019/2020 assim que for possível, indicando o desejo de garantir que "todos os jogos da liga e da copa, além dos europeus sejam disputados".

O comunicado das ligas também destaca que o limite para o final da temporada estabelecido pelo regulamento da FA, que era 1.º de junho, foi revisto, deixando o prazo em aberto para a jornada atual. Desta forma, não há previsão sobre o encerramento dos campeonatos, uma vez que a Eurocopa deste ano foi adiada, abrindo espaço para que partidas sejam disputadas nos meses de junho e julho.