Maradona responde à filha e cita herança: "Não vou deixar nada"

Ex-craque da seleção argentina gravou um vídeo, em suas redes sociais, falando sobre post que sua filha Gianinna havia feito na última segunda-feira

Maradona diz que não deixará herança para a família

Maradona diz que não deixará herança para a família

Marcelo Ruiz/EFE

Na última segunda-feira (4), o ídolo argentino Diego Maradona fez um vídeo em sua rede social, em resposta à sua filha Gianinna. Pouco antes, ela havia publicado um texto no Instagram, insinuando que o pai estaria morrendo. O post de Gianinna causou comoção em alguns dos milhões de fãs do ex-craque.

Giannina postou frases como: "Ele não está morrendo porque seu corpo decide, eles o estão matando por dentro sem que ele perceba. Eu não acredito no parâmetro normal, mas isso está longe da realidade que ele merece. Ore por ele, por favor."

Ela prosseguiu: "Você se lembra que havia um zoológico no qual era possível tirar fotos com um leão gigante? Ou seja, era possível entrar na gaiola e por mais um pouco 'abraçá-la'. Eles tinham o padrão, mas era impossível domar a fera”, afirmou, em tom misterioso, que gerou suspeitas de que ela estava se referindo à personalidade de Maradona.

Ver essa foto no Instagram

Y sigo esperando que me devuelvan todo lo que es mío.

Uma publicação compartilhada por Diego Maradona (@maradona) em

No vídeo, o ex-camisa 10 da seleção argentina tratou de dizer que estava bem e que não estava morrendo. Garantiu que estava em paz e trabalhando. E falou também sobre uma suposta preocupação da filha em relação à herança do ex-jogador:

“Agora que estou a envelhecer, sei que eles se preocupam mais com o que vou deixar do que com o que estou a fazer.”

Em seguida, Maradona ressaltou que não iria deixar herança para ninguém da família:

“Digo a todos que não vou deixar nada! Vou doar tudo. Tudo o que ganhei na minha vida vou doar”

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

O mundo dá voltas! 5 anos atrás, Fla era 'sofrível' e Cruzeiro voava. Veja

*Estagiário do R7, sob supervisão de Eugenio Goussinsky