Esportes FMF lança Campeonato Mineiro 2021 e não confirma presença de torcida

FMF lança Campeonato Mineiro 2021 e não confirma presença de torcida

Regulamento prevê que jogos só terão torcida se todas as prefeituras permitirem; BH informou que não tem previsão para liberar torcedores

  • Esportes | Célio Ribeiro*, do R7

Prefeitura não confirma data para volta do público aos jogos

Prefeitura não confirma data para volta do público aos jogos

Dudu Barbatti / Record TV Minas

A FMF (Federação Mineira de Futebol) divulgou, nesta segunda-feira (14), o regulamento da 107ª edição do Campeonato Mineiro de Futebol. O edital foi definido em reunião virtual do Conselho Técnico com representantes dos clubes participantes.

O torneio, que será disputado entre os dias 28 de fevereiro e 23 de maio, terá a mesma fórmula da última edição, com os 12 times se enfrentando em turno único. Os quatro primeiros avançam para a fase final, enquanto os dois últimos são rebaixados para o módulo II.

Presença do público

Um dos assuntos mais esperados do regulamento é a presença dos torcedores nos estádios de futebol. A FMF determinou que não haverá capacidade mínima nos espaços, mas que o acesso da torcida só será permitido com a liberação das autoridades de saúde.

Veja: Atlético volta a vencer o Tombense e conquista o Campeonato Mineiro

Para que a disputa seja feita de forma igualitária, a federação determinou que só haverá acesso da torcida caso todas as cidades possam receber público. Essa questão deve ser definida até a 10ª rodada da competição.

Belo Horizonte tradicionalmente sedia os jogos de Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG. Na edição de 2020 do Campeonato Mineiro, a cidade também recebeu os jogos do Coimbra Sports, time da cidade de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Posicionamentos

Em nota, a Secretaria de Saúde de Belo Horizonte informou não há previsão de retorno do público em partidas nos estádios da capital mineira, inclusive nos jogos do Campeonato Mineiro 2021.

A reportagem também entrou em contato com o Governo de Minas Gerais, mas ainda não recebeu resposta.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas