Esportes Fluminense encerra jejum e vence Bahia em duelo direto contra o rebaixamento

Fluminense encerra jejum e vence Bahia em duelo direto contra o rebaixamento

O Fluminense encerrou um jejum de cinco jogos e respirou na luta contra o rebaixamento ao vencer, na noite desta segunda-feira, o Bahia, por 2 a 0, no Maracanã, pela 18.ª rodada do Brasileirão.

Os gols de Lucca, que defendeu o Bahia em 2019, e Bobadilla, nos acréscimos, fizeram o Fluminense chegar aos 21 pontos, abrindo três da zona de rebaixamento e do adversário desta noite, o Bahia, que está em 16.º lugar.

A partida marcou a estreia do técnico argentino Diego Dabove no comando do Bahia, que tem sete derrotas e um empate nas últimas nove rodadas do campeonato. Ele substituiu Dado Cavalcanti.

O nervosismo pelos recentes resultados deixou os dois times com medo de tomar a iniciativa no começo do jogo. Não é a toa que a primeira finalização aconteceu apenas aos 18 minutos. Fred foi desarmado pela defesa do Bahia e a bola sobrou para Martinelli mandar por cima.

A resposta do Bahia ocorreu quatro minutos depois. Lucas Mugni passou por Samuel Xavier e cruzou rasteiro. Gilberto dividiu com a marcação e desviou rente a trave. O jogo estava amarrado até aparecer a "lei do ex", aos 35 minutos.

Lucca cobrou falta de longe, encobriu a barreira e acertou o ângulo de Matheus Teixeira, abrindo o placar para o Fluminense. O goleiro ainda tocou com as mãos na bola. Depois disso, a partida ficou ainda mais truncada e foi para o intervalo sem outros lances de perigo.

Logo aos sete minutos do segundo tempo, Samuel Xavier cruzou rasteiro e Fred tirou de Matheus Teixeira com um leve desvio, mas o gol foi anulado porque o capitão tricolor estava impedido. O Bahia partiu com tudo em busca do empate e criou duas grandes oportunidades.

Rossi cobrou escanteio e Luiz Otávio cabeceou no travessão. Na sequência, Rossi cruzou rasteiro e Juninho Capixaba soltou a bomba. Marcos Felipe deu um leve desvio antes da bola explodir mais uma vez no travessão. O castigo veio no último lance.

Aos 51 minutos, Cazares cobrou falta e Matheus Teixeira fez grande defesa. No rebote, Bobadilla aproveitou bate e rebate dentro da área para chutar e ampliar o placar.

O Fluminense volta a campo na próxima terça-feira, contra a lanterna Chapecoense, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC). No sábado, o Bahia recebe o Fortaleza, às 21 horas, no Pituaçu, em Salvador. Os jogos são válidos pela 19.ª rodada, a última do primeiro turno.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 X 0 BAHIA

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André, Martinelli (Nonato) e Yago Felipe; Arias (Manoel), Fred (Bobadilla) e Lucca (Cazares). Técnico: Marcão.

BAHIA - Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Patrick de Lucca (Óscar Ruíz), Daniel e Lucas Mugni; Rossi, Gilberto e Rodriguinho (Rodallega). Técnico: Diego Dabove.

GOLS - Lucca, aos 35 minutos do primeiro tempo; Bobadilla, aos 51 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRA - Edina Alves Batista (SP)

CARTÕES AMARELOS - Nino e André (Fluminense); Patrick de Lucca, Gilberto, Conti e Rossi (Bahia)

RENDA E PÚBLICO Portões fechados

LOCAL - Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Últimas