Esportes Fina volta atrás e anuncia Mundial de Esportes Aquáticos para Budapeste em 2022

Fina volta atrás e anuncia Mundial de Esportes Aquáticos para Budapeste em 2022

A Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em francês) voltou atrás e definiu nesta segunda-feira que o Mundial de Esportes Aquáticos deste ano será em Budapeste, na Hungria. A competição será realizada entre os dias 18 de junho e 3 de julho, na capital do país que recebeu o evento em 2017 e o Europeu de Esportes Aquáticos em 2021.

Na última semana, a Fina e o Comitê Organizador de Fukuoka-2022, no Japão, anunciaram o adiamento do Mundial de Esportes Aquáticos que estava marcado para maio deste ano para julho de 2023. Nesta segunda-feira, porém, a entidade máxima do esporte aquático mundial decidiu que a disputa será neste ano, mas em solo europeu.

"Como uma comunidade aquática, estamos encontrando soluções em torno da pandemia e o anúncio de hoje (segunda-feira) é um passo importante nesse processo", disse o presidente da Fina, o kuwaitiano Husain Al-Musallam, que prosseguiu no comunicado oficial divulgado pela entidade.

"Sabemos que precisamos ser criativos em nossa abordagem ao navegar pela atual crise de saúde para nossos atletas. O acordo é um testemunho deste trabalho. A Fina também reconhece que a pandemia está evoluindo de maneira diferente de acordo com o tempo e o lugar. Somos extremamente afortunados por ter anfitriões de eventos que compartilham nossa paixão pelos esportes aquáticos e têm disposição, capacidade e flexibilidade para organizar o evento mais prestigiado da Fina. Estamos profundamente gratos a todos os nossos anfitriões e sabemos que os atletas aquáticos sentem o mesmo", completou o dirigente.

A Fina, porém, não deixa claro como será o calendário daqui para frente. De acordo com o comunicado oficial, a entidade "continua consultando atletas e partes interessadas sobre a programação do Campeonato Mundial da Fina em Doha, Catar, e mais informações serão divulgadas o mais rápido possível".

Últimas