Esportes Felipe Melo lidera Palmeiras na tentativa de consolidar reação no Brasileirão

Felipe Melo lidera Palmeiras na tentativa de consolidar reação no Brasileirão

Mais aliviado após duas vitórias consecutivas no Brasileirão, o Palmeiras fecha a 28ª rodada nesta segunda-feira, às 21h30, diante do Sport, no Allianz Parque. Felipe Melo retomou a titularidade e tem sido um dos destaques da equipe nos últimos jogos. O capitão palmeirense quer liderar o time de Abel Ferreira em busca do terceiro triunfo seguido no torneio que vale a vice-liderança.

A lesão de Danilo contra o Juventude abriu espaço para Felipe Melo reaver sua titularidade. Os dois jogaram juntos em poucos momentos. Geralmente, apenas um dos dois estava entre os 11 que começavam os jogos. E o experiente volante fez boas apresentações, aproveitando as oportunidades de Abel Ferreira.

Na vitória sobre o Ceará, Felipe Melo acertou os 30 passes que tentou e errou apenas um dos quatro lançamentos que deu. Em um deles, encontrou Rony livre. O atacante avançou e deu a assistência para Luiz Adriano marcar, mas o camisa 7 estava impedido e o gol não valeu.

O volante de 38 anos também teve bom desempenho em fundamentos defensivos. Foram nove rebatidas, maior número do jogo, e quatro desarmes, segundo melhor da partida no Castelão. Ele tem sido importante para o time se ajustar defensivamente e levar menos gols. Além disso, tem feito menos faltas e recebido menos cartões amarelos. Nesta temporada, esteve presente em 40 jogos e ainda não marcou gols.

No Palmeiras desde 2017, o veterano tem contrato com o clube somente até dezembro deste ano. O presidente Maurício Galiotte avisou que não renovaria o vínculo, mas a decisão ficará a cargo de Leila Pereira, que assumirá a presidência em dezembro. Ela é candidata única no pleito, que ocorre no fim de novembro. O técnico Abel Ferreira é fã do futebol de Felipe Melo e quer que ele permaneça.

"Todos falamos muito do Felipe Melo e vou falar da parte esportiva. Eu cobro muito do Felipe, quando joga ou não, quero um capitão ativo, que esteja presente em todos os momentos, quando é titular e passa a energia, a agressividade positiva para os moleques, porque eles têm muito a crescer para competir. Ele não perde um duelo, ajuda a defender e isto que temos de perceber", enalteceu o técnico português.

Concorrente de Felipe Melo, Danilo está recuperado de canelite na perna direita e na perna esquerda e trabalhou participou dos dois últimos treinamentos antes do jogo. É provável que o jovem meio-campista volte a ser relacionado, mas comece entre os reservas. Seu último jogo foi diante do Juventude, no dia 3 de outubro. Depois, desfalcou a equipe contra América-MG, Red Bull Bragantino, Bahia, Internacional e Ceará.

Se estiver em plenas condições, Danilo pode ser opção para a vaga de Zé Rafael, que está suspenso. Mas a tendência é que Abel Ferreira escale Patrick de Paula. As outras alternativas são Matheus Fernandes e Danilo Barbosa.

Os outros desfalques são os mesmos dos últimos jogos: Mayke, em recuperação de cirurgia no joelho, Jorge e Gabriel Menino, que cumprem cronograma de atividades para poderem retornar aos gramados.

O Palmeiras soma 43 pontos e retornou ao G-4 com os últimos dois triunfos sobre Inter e Ceará. No primeiro turno, no dia 4 de julho, venceu o Sport por 1 a 0, com gol do meio-campista Gustavo Scarpa.

HERNANES REFORÇA O SPORT - Na luta contra o rebaixamento, o Sport tem um compromisso bem complicado diante do Palmeiras e o técnico Gustavo Florentín aposta na volta de Hernanes para repetir as boas atuações. O treinador gostou da apresentação do time no empate sem gols com o Santos, mas precisará fazer mudanças, embora isso não seja visto como algo ruim.

"Temos variáveis. Estamos vendo as diferentes alternativas. É melhor para a gente quando temos mais opções de jogo", afirmou o treinador ao comentar sobre a polivalência de Hernanes e Gustavo. Na prática, o meia retorna após ser poupado no último jogo, uma vez que o atacante Everaldo foi vetado por conta de uma lesão na coxa. Com isso, Mikael jogará mais avançado.

Outra mudança ocorre na lateral-esquerda, pois Sander levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. O treinador está em dúvida entre Chico e Luciano Juba, mas a tendência é que utilize o primeiro, mantendo Juba como avançado pela ponta.

Faria uma espécie de dobradinha pelo lado esquerdo. "Estou observando tanto Chico quanto Juba e vou utilizar um deles. Com um trabalho mais tático, vou analisar e tomar a decisão de quem vai jogar como lateral", ponderou o treinador.

Últimas