Esportes Favoritos ao acesso, Cruzeiro e Grêmio fazem clássico nacional na Série B

Favoritos ao acesso, Cruzeiro e Grêmio fazem clássico nacional na Série B

A sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terá um encontro entre gigantes do futebol nacional neste domingo, a partir das 16 horas. Postulantes ao acesso e também ao título, Cruzeiro e Grêmio se enfrentam na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), ambos com a missão de seguir na cola do atual líder Bahia.

Os dois times estão com dez pontos e iniciaram a rodada empatados também com o Bahia. Os baianos, entretanto, já jogaram e golearam o Londrina por 4 a 0, despontando com 13 pontos e sete de saldo de gols. Mesmo com a vitória, é improvável uma mudança na liderança, já que o Grêmio possui quatro de saldo e o Cruzeiro dois, contra sete do Bahia. Mesmo assim, os dois times só pensam na vitória para seguir em situação confortável, além da confiança que um jogo dessa grandeza pode trazer.

Cruzeirenses e gremistas tropeçaram no começo, mas se ajustaram. O Cruzeiro perdeu na estreia, mas está há quatro jogos invicto, sendo três vitórias e um empate. Vem de duas vitórias seguidas, contra Londrina, por 1 a 0, em casa, e Chapecoense, por 2 a 0, fora.

O Grêmio demorou duas rodadas para vencer. Após empate e derrota, os gaúchos emplacaram três vitórias seguidas contra Guarani, por 3 a 1, em casa, Operário, por 1 a 0, fora, e CRB, por 2 a 0, novamente em Porto Alegre (RS).

O técnico Paulo Pezzolano tem um problema para escalar o Cruzeiro. Leonardo Pais teve lesão muscular confirmada e está fora. Meia de origem, ele vinha atuando na lateral-direita e, com isso, o experiente Rômulo e o jovem Geovane surgem como opções.

Há expectativa ainda para o retorno do meia Fernando Canesin, que voltou aos treinos há uma semana após lesão muscular. O atacante Rafael Silva deve ser outra novidade após processo de readequação física.

Sabendo da importância do jogo, Pezzolano pediu apoio da torcida e disse acreditar na reconstrução do Cruzeiro. "É uma torcida com muita paixão. Você escuta a torcida e tem vontade de pular, de correr. É uma torcida que puxa muito os jogadores em campo, e que eles não deixem de puxar. Falo sinceramente: é o jogador número 12. Que os torcedores saibam que estamos em plena reconstrução. Acho que, de coração, vai dar certo", projetou.

Roger Machado adotou tom de mistério no Grêmio e fechou os treinamentos. O zagueiro Bruno Alves, que preocupou após deixar o treino no meio da semana por conta de uma pancada, vai para o jogo. Kannemann e Edilson seguem como desfalques, mas fizeram algumas atividades.

O lateral-esquerdo Nicolas, expulso contra o CRB, é desfalque certo. Assim, Diogo Barbosa ganha chance na que deve ser a única mudança na escalação.

Apesar do bom momento, Roger indicou que pode soltar mais o time, mas lembrou que o trabalho está apenas começando. "Com uma estrutura mais sólida, agora podemos ousar e soltar mais o time. Não posso precisar a margem de evolução que temos, mas fizemos uma partida segura contra o CRB e não sofremos gols. Isso é importante, mas é só o começo", destacou.

Últimas