Esportes Ex-seleção de base do Afeganistão morre ao tentar se segurar em avião para fugir

Ex-seleção de base do Afeganistão morre ao tentar se segurar em avião para fugir

Zaki Anwari, ex-jogador de futebol da seleção de base do Afeganistão, morreu após tentar se segurar em um avião para fugir do país, tomado pelo grupo radical islâmico Taleban no último domingo. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela agência de notícias afegã Ariana News.

Anwari foi encontrado morto no aeroporto de Cabul. Ainda de acordo com a agência, ele caiu depois de tentar se segurar no trem de pouso do de um Boeing C-17, aeronave da Forças Armadas dos Estados Unidos, durante o resgate de estrangeiros e afegãos.

A morte foi confirmada pela Diretoria Geral de Educação Física e Esportes do Afeganistão. Anteriormente, o jovem atuou pela seleção sub-16 do país.

Multidões lotaram o aeroporto de Cabul nos últimos dias desde a insurgência do Taleban. No desespero para deixar o país, dezenas morreram da mesma forma que Anwari, tentando embarcar em aviões em movimento.

O retorno do grupo extremista também trouxe dúvidas sobre o futuro das mulheres no esporte. Nesta semana, Zakia Khudadadi, atleta de parataekwondo, pediu ajuda para conseguir viajar e participar da Paralimpíada de Tóquio. Ela pode se tornar a primeira mulher do seu país a disputar a competição.

Por sua vez, Shabnam Mobarez, capitã da seleção feminina afegã, falou ao Estadão sobre a esperança que o esporte trouxe para o país nas últimas décadas e o temor de ter que abandonar o futebol após a retomada do Taleban.

Últimas