Esportes Em volta ao Inter, Guerrero elogia Abel e pede 'paciência' com Ramírez

Em volta ao Inter, Guerrero elogia Abel e pede 'paciência' com Ramírez

Após sete meses de ausência, ou 210 dias, Paolo Guerrero voltou a entrar em campo. O atacante participou de alguns minutos da vitória do Internacional sobre o Ypiranga por 4 a 2, neste domingo, no Beira-Rio, pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. O peruano elogiou Abel Braga pelo vice-campeonato brasileiro e pediu paciência com Miguel Ramírez, atual treinador da equipe gaúcha.

"Achei o time muito bem. Lutou até o final e nunca desistiu. O professor Abel fez um grande trabalho. Dei parabéns, mas não conseguimos ganhar o Brasileirão. Estou entendendo o que o novo professor pede. Ele já está aprendendo português. Tivemos muitas coisas boas nestes quatro dias e estaremos melhores. Paciência. Estamos muito bem", declarou o atacante.

Guerrero revelou também que sentiu certo nervosismo por voltar a jogar depois de tanto tempo parado para se recuperar de lesão, mas garantiu estar bem e pronto para ajudar o clube na nova temporada.

"Muito feliz por voltar após quase sete meses. Eu achei que não entraria. Fiquei surpreso em entrar no jogo. Estava com um pouco de medo de como sentiria, mas, graças a Deus, entrei. Deu tudo certo, ganhamos. Os companheiros estão pegando o que o professor pede. Tentamos entender o que ele quer. Estou me sentindo bem. Fico feliz por isso. Muito bem, muito bem", completou.

O triunfo deste domingo levou o Internacional para a terceira colocação, com sete pontos, dois atrás do líder São Luis, mas um na frente do arquirrival Grêmio. Guerrero deve ainda ficar como opção para o duelo contra o Novo Hamburgo, no estádio do Vale, na próxima rodada.

Últimas