Esportes Em corrida virtual, atletas etíopes arrecadam fundos para combate ao coronavírus

Em corrida virtual, atletas etíopes arrecadam fundos para combate ao coronavírus

Os campeões olímpicos Tirunesh Dibaba, correndo em um estádio vazio, e Kenenisa Bekele, dentro de sua própria casa, participaram neste sábado de uma ação para arrecadar fundos com o intuito de contribuir para o combate ao surto do coronavírus na Etiópia.

A Grand African Run, uma corrida anual geralmente realizada nos Estados Unidos, e a Federação Etíope de Atletismo, se uniram para organizar o evento. E atraíram corredores de todo o mundo, principalmente etíopes. Não havia distância ou duração especificada para os participantes correrem.

Os atletas etíopes foram acompanhados por corredores amadores de todo o mundo. Os participantes corriam em esteiras, dentro de suas casas ou ao redor de seus jardins. O evento foi transmitido ao vivo online e os corredores estavam conectados por plataformas como Zoom, Facebook Live e YouTube para angariar fundos.

Dibaba, correu no vazio Estádio Nacional de Adis-Abeba, acompanhada pelas irmãs Genzebe e Ejegayehu, também atletas de elite. Bekele, também tricampeão olímpico, correu dentro de sua casa.

Derartu Tulu, primeira mulher negra africana a ganhar um ouro nos Jogos, também participou, do seu jardim. "Anseio pelo dia em que essa pandemia acabar e correr com todos vocês. Espero que não esteja muito longe", disse.

Os organizadores disseram que o dinheiro arrecadado será doado a duas organizações sem fins lucrativos da Etiópia que estão ajudando os esforços do país contra o vírus.

Últimas