Esportes Em confronto contra a degola, Coritiba visita Grêmio ainda sem Ricardo Oliveira

Em confronto contra a degola, Coritiba visita Grêmio ainda sem Ricardo Oliveira

Frequentador assíduo da zona de rebaixamento desde o começo do Campeonato Brasileiro, o Coritiba tem uma boa oportunidade para deixar o grupo do descenso. Nesta quarta-feira, às 19h15, vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, pela 14.ª rodada.

Os visitantes aparecem na 17.ª colocação, com 12 pontos, abrindo a zona de rebaixamento, que conta ainda com Red Bull Bragantino e Botafogo, também com 12, e o lanterna Goiás, com nove. Os donos da casa vêm pouco à frente - com oito empates até agora, não conseguiram deslanchar e estão no 15.º lugar, com 14 pontos.

"As coisas estão muito próximas. Até quem está com 15 pontos, como o Atlético-GO, tem que se preocupar. Não é uma exclusividade do Coritiba. Não é momento de desespero. Existem muitas equipes em situações delicadas e com investimento maior que o nosso. Se encaixarmos duas ou três vitórias a gente já consegue subir e é o que vamos busca", comentou o técnico Jorginho, em tom confiante.

Para este confronto, Jorginho tem uma volta importante. Após ser expulso na derrota, por 4 a 0 para o Fluminense e cumprir suspensão no empate, por 1 a 1, com o São Paulo, o lateral-direito Natanael retorna, o que fará com que Jonathan volte ao banco de reservas.

O treinador, após o duelo com os são-paulinos, chegou a sinalizar que poderia relacionar o centroavante Ricardo Oliveira, apresentado na semana passada. No entanto, o veterano, que não atua desde março, quando estava no Atlético-MG, sequer viajou para seguir aprimorando a parte física.

Ainda havia a possibilidade de Neílton começar entre os titulares, mas é Robson quem ficará no comando ofensivo. Ele marcou, de falta, o gol do empate por 1 a 1 com o São Paulo, na última rodada.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA - Wilson; Natanael, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Ramon Martinez, Hugo Moura, Matheus Sales, Gabriel e Guilherme Biro; Robson. Técnico: Jorginho.

Últimas