Esportes Em 1º final do ano, Djokovic encara Rublev na decisão do ATP 250 de Belgrado

Em 1º final do ano, Djokovic encara Rublev na decisão do ATP 250 de Belgrado

O russo Andrey Rublev e o sérvio Novak Djokovic carimbaram seus passaportes nas semifinais disputadas neste sábado e vão decidir o título do ATP 250 de Belgrado. A decisão acontece amanhã às 9h (horário de Brasília).

Djokovic foi o primeiro a entrar em quadra e teve como rival o russo Karen Khachakov. A vitória por 2 sets a 1 veio de virada com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2. O tenista sérvio, que ficou fora de vários torneios este ano por não ter tomado a vacina contra Covid-19, entrou em quadra em 2022 apenas para jogar em Dubai, foi eliminado nas quartas de final, e posteriormente em Monte Carlo, quando não passou das oitavas. Essas ausências chegaram a custar liderança do ranking, posição que ele voltou a recuperar.

No duelo diante de Khachakov, Djokovic repetiu o roteiro de suas duas performances nas quartas e oitavas do torneio. Teve um mau início e acabou dando chance ao rival de quebrar o seu saque e sacramentar a vitória por 6 /4.

A reação veio no set seguinte. Focado em quadra e com boa variação de golpes, o sérvio venceu cinco games seguidos e fechou a disputa em 6/1. O panorama se manteve na última parcial, com Djokovic quebrando o serviço do rival logo no início e administrando a vitória com 6/2.

O russo Andrey Rublev confirmou o seu ingresso na final do torneio de Belgrado com um jogo arrasador para cima do italiano Fabio Fognini. A vitória veio por 2 sets a 0 com parciais de 6/2 e /6/2. Esta é terceira final que o oitavo colocado no ranking vai disputar. Antes, em Marselha e Dubai, ele deixou a quadra com o título nas mãos.

Últimas