Esportes Ducati domina treino e Martín larga na pole na etapa dos EUA da MotoGP

Ducati domina treino e Martín larga na pole na etapa dos EUA da MotoGP

Em dia inspirado dos pilotos que montam uma Ducati, o espanhol Jorge Martín superou os rivais nos segundos finais do treino classificatório, neste sábado, e conquistou a pole position da etapa dos Estados Unidos da MotoGP, no Circuito das Américas, na cidade de Austin.

O piloto da Pramac Racing anotou a melhor volta da sessão com 2min02s0390, segundo seguido pelo australiano Jack Miller, da própria Ducati, com 2min02s0420. A primeira fila terá ainda o italiano Francesco Bagnaia, outro representante da Ducati, que anotou 2min02s1670 no treino.

O quarto posto ficou com o francês Johann Zarco, companheiro de Martín na Pramac, com 2min02s5700. E o italiano Enea Bastianini, da equipe Gresini Racing, completou o "time" da Ducati, com 2min02s5780. Tanto a Pramac quanto a Gresini usam motos da Ducati, que conta com uma equipe própria no grid.

O resultado surpreendeu porque Martín não vinha empolgando no Circuito das Américas. No terceiro treino livre, chegou a sofrer um acidente. "Eu não tinha qualquer expectativa de ficar com a pole aqui", admitiu o espanhol, ao fim do treino classificatório da quarta etapa da temporada.

Apesar do acidente, o espanhol vive bom momento neste início de campeonato. Na Argentina, na etapa passada, ele ficou com o segundo lugar. Já o espanhol Aleix Espargaró, vencedor da corrida disputada em Buenos Aires e líder do campeonato, ficou aquém do esperado neste sábado. E vai largar somente do 13º posto, após sofrer um leve acidente na primeira sessão do treino e ficar fora da etapa final da classificação.

Dono de seis títulos na MotoGP, o espanhol Marc Márquez obteve o nono lugar no grid de largada. O piloto da Honda voltará a disputar uma corrida após perder as duas etapas anteriores da temporada em razão de um problema na visão.

Últimas